Gray Island Bulba RPG :: Topsites Zonkos - [Zks] ::
versão do sistema: 8.1

Pages: (7) « First ... 5 6 7  ( Go to first unread post )
fechado
novo tópico
fazer enquete

 ATO 2 - Rei, capitão, soldado ou ladrão?!
Angelique
 Posted: Jul 21 2017, 05:51 PM
citar


Angelique




343 posts

Ficha

Angelique is Offline

Inativo




- Capri ficaria como conselheiro mesmo, ao menos até ela ter idade para impor respeito às demais famílias... A menos que ela seja "testada" a tal. Talvez ela tenha que passar por algumas dores para moldá-la. - Bonifácio batia de ombros para a pergunta de Isaack, não sabendo exatamente o que ocorreria, mas sorriu quando ele se questionou sobre o quão importante ele era para o Governo Mundial e Dixon estalou os dedos com uma expressão debochada, queria falar algo, deixando a provocação leve para que o mágico pensasse em uma resposta enquanto o próprio loiro não lhe entregava uma única palavra sobre.

Logo em seguida ele foi em busca de ingredientes para suas bombas e tinha um conhecimento químico até maior que o normal e fazendo o médico sorrir, porém não tinha exatamente tudo que ele precisava. Ao ser requisitado, Klaus andou para um lado e para outro, entregando tudo que o ruivo necessitava, já trabalhando em sua confecção. O problema começou quando ele pedia ingredientes sozinhos e o médico não tinha exatamente aquilo em específico, pois tinha mais um conhecimento sobre farmácia do que em química em si.


- Olhe... Em pó você só conseguirá ao quebrar as pílulas no meio, suas cápsulas são de gel comestível e são facilmente diluídas no estômago. Álcool tenho em excesso, pode levar o quanto quiser. Hmm... - Ele entregava caixas de remédios que pudessem ser quebradas e ainda, dava algumas aspirinas que talvez pudessem ser moídas, realmente não tinha ideia de como o ruivo iria usar aquilo, mas logo fora requisitado barbantes e ele recebeu um muito forte, o de fazer pontos em Kyoko, resistente e forte, mas pouco discreto por ter uma coloração preta e ser um tanto grosso, talvez para o trabalho de pavio, aquilo serviria, mas não mais que isso (como isca, por exemplo). Pólvora fora o maior problema, visto que ninguém ali tinha armas de fogo e ele só ergueu as mãos.

O engraçado é que enquanto o mágico começava a fazer "suas mágicas", Klaus ficou por perto, curioso sobre o que era feito ali. Era um ignorante tentando aprender com a prática, silencioso para não atrapalhar.

Chupava de seus pelos a maior quantidade de água que conseguia e por mais que isso retirasse momentaneamente o sabor amargo do fumo engolido, apenas o deixava mais sedento. Via Capri fumando longe dele e sentia a língua seca tocando as bochechas que pareciam mais uma carne ao Sol, não havendo o movimento de deslize, apenas da pele tocando na outra, pois sua saliva pouco trabalhava naquele momento, ainda permitindo que engolisse em seco e só. Perguntou se o outro mink permitia que ele bebesse um pouco da água do balde e como que pego de surpresa, o bode olha para ambos, logo saltando da mesa e indo até o recipiente e colocando a mão no líquido e erguendo até sua própria boca e bebendo um pouco enquanto o resto escorria por entre os dedos e assim que terminou, ele sacudiu a palma úmida, liberando pequenas gotículas que caíam com força no chão logo à frente de Raamar, impossibilitando que conseguisse algo.

O chacal então começava a trabalhar uma ideia, tentando disfarçar a ideia de que não era ele quem estava bisbilhotando as coisas da máfia e que, talvez, em algum lugar exista o real suspeito e que ele poderia estar contando sobre tudo que conversavam para pessoas importantes, como agentes do governo, por exemplo. Continuava expondo seus pensamentos de que era uma péssima ideia mantê-lo ali e que, talvez por medo, ele suplicava por sua liberdade e que iria resgatar Bonny antes que fosse tarde demais.


- Ok. - Capri pula da mesa e se aproxima de Raamar, abaixando-se atrás dele e começando a mexer em suas algemas, mas logo ele para e olha para o chacal em uma distância segura, mas com a face próxima. - Você não mentiria, certo? - Ele ria como se a sua desconfiança fosse infundada e perguntar aquilo poderia até ser visto de forma ofensiva para o menor. Ele se levanta e se distancia, chutando o balde d'água e esparramando tudo pelo chão, pisoteando-a logo em seguida e jogando as cinzas e após uma longa tragada, a bituca. Aproximou-se novamente do jovem e dessa vez, colocava a mão no bolso do terno e puxava uma chave, libertando seus pulsos e fazendo-o tombar para a frente com dores nas juntas.

- Oh sim, com certeza. Seria bem diferente, Kyoko. - Ele não exatamente sorria, mas se esforçava, pois sabia que a garota já havia passado demais (inclusiva ela faz uma brincadeira sobre) e talvez o tapa que ia dar anteriormente pudesse levá-la ao extremo. - Vocês seriam restringidos, obviamente. Dante ou algum outro iria querer que vocês fossem silenciados, mas eu certamente teria interferido ao ver Isaack e pediriam que fossem banidos, possivelmente roubando vocês e deixando em uma situação desvantajosa... Melhor que a morte, não? Mas... Talvez possamos tirar proveito da situação, pois se conseguirmos salvar Raamar e derrubar Mondor, essa ilha possa sofrer reais mudanças benéficas para a população.

Kyoko tinha a voz fraca e explicitava suas ideias de forma acanhada, delicada. Antes que Bonny pudesse lhe dar uma resposta, logo uma sonora risada vinha de Dixon, este que se divertia com a forma de pensar da garota e logo se levantava, indo até ela e colocando as grossas mãos nos ombros dela, poderia beijá-la na ocasião (e se Isaack não estivesse por perto), apenas sorrindo para ela enquanto a fitava.

- Você realmente usa a cabeça, cabeça-de-fósforo. É uma ótima ideia, seu bando de oportunistas. Vocês querem um presente por isso? Esqueci de entregar para vocês da outra vez, mas aqui... - Ele andava até a mesa e pegava debaixo dela uma espécie de mochila de tecido e abrindo-o, ele puxava algo comprido e coberto por panos brancos com a cruz negra do Governo Mundial. Logo em seguida ele descobria o que eram máscaras e sem delicadeza alguma com algo que parecia de certa forma frágil, ele meramente jogou no peito de Isaack e no colo de Kyoko (o que quase acertou seu ferimento). Máscaras detalhadas de formas diferentes para cada, e ele ainda tinha uma nas mãos que ele colocava na face, mas era pequena demais para si e ficava com as bordas da face à mostra enquanto ele ria dentro dela. - Haverão missões em que vocês tenham de usar de furtividade e essas são suas "faces" diante do Governo Mundial. Usem-nas da melhor forma que acharem.

Dores em seus pulsos, ombros, toda a extensão das pernas e se ele tocasse em suas costas, sentiria "listras" na pele, o sangue não escorria, mas estava bem sensível e tinha os cortes abertos e não havia uma casca para protegê-los, mas era fácil da película que se formou rasgar e recomeçar a sangrar. Seus músculos gritavam por um descanso, seus olhos pareciam pesados em finalmente ter o corpo relaxado e pediam por algumas horas de sono (duas já seria o suficiente), mas seu cérebro liberava um pouco de adrenalina para que seu coração bombeasse com mais força para mantê-lo acordado, afinal, ali não era um local saudável para descansar. Tal movimento cerebral com o corpo exausto fez com que ele sentisse uma tontura rápida, como se a cabeça estivesse pesada demais para o corpo enquanto ele perdia levemente o fôlego e sentia uma pressão no peito enquanto o músculo cardíaco se afobava. Aquilo poderia ser confundido com medo, visto que ele conseguia energia do nada e sofria leves consequências que logo se dissipavam e ele voltava ao normal, só precisava de um momento para se conter mesmo.

- Você está livre para ir, como requisitado. Reencontre seus amigos e nos traga Bonny de volta. - Ele se recostou na mesa e tragou seu cigarro calmamente e sem olhar para o chacal. Se Raamar, desesperado por um pouco de água viesse a beber a suja no chão, o bode riria da situação, mas ainda em seu vício, sem se preocupar com o chacal, afinal, sem Nakhe, ele era o que? Iriam trocar socos e pelo estado físico do menor, ele não iria muito longe com aquilo e justamente por isso, também não se preocupava em ser ameaçado. Capri parecia trair Don Mondor na calada da madrugada enquanto o chefe dormia. Era fácil. Se Raamar permitia, ele ainda ofereceria ajuda para que se levantasse e puxava a cadeira que estava atrás da mesa para que ele descansasse um pouco e logo em seguida puxaria o novo maço de cigarros e ia colocar na frente do outro, mas pensou melhor e guardou-o discretamente, como se apenas estivesse ajeitando suas vestes.

- Dixon irá para a mansão de Don Mondor e nós iremos para o porto. Averiguaremos se não há atiradores de elite e Klaus pode ficar à postos para caso haja movimentação em pontos estratégicos. Nós três iremos para o meio e lá nós negociaremos. Mas não esperem que seja tão fácil, pois assim que eles me tiverem, possivelmente irão iniciar uma investida e se a situação piorar, é possível que eu tenha de ajudá-los... - Ele parou um pouco e olhou para o chão, cruzando os braços e pensando em algo. Um suor frio começou a escorrer pela sua testa enquanto caminhava em direção da parede com os cabelos loiros diante do rosto, escondendo-o. Dixon olhou-o curioso enquanto se aproximava da maca de Kyoko (não sem antes passar e "sem querer" dar um tapa nas bombas de Isaack, algo que poderia ter explodido na face deles, mas não tivera força o suficiente e nem ao menos caiu das mãos do mágico, só queria causar o susto mesmo). Ele respirou fundo e olhou para a garota e logo em seguida para o outro ruivo. Seu olhar era travado e tinha uma determinação incrível. - Talvez vocês tenham de me impossibilitar de algumas forma... Quebrem o meu braço.

Dixon fora o primeiro a se aproximar e agarrar a mão do loiro enquanto erguia o próprio cotovelo para acertar pesadamente no dele, logo descendo com força e errando de propósito, apenas dando um leve encontrão no local e fazendo com que Bonifácio recolhesse o membro, assustado. Causava uma risada no grandalhão que se distanciava.

- Você não aguenta. - Ele se recostava no chão, abraçando a si mesmo e antes que esquecesse novamente, jogava a máscara de Raamar para Kyoko, que caía sobre os joelhos dela. - Dê isso para ele, ok? Não creio que eu terei a oportunidade e a honra... - Ele deu umas risadinhas e se acalmou um pouco, fechando os olhos.

Klaus se aproximou de Bonifácio e colocou a mão no ombro dele, mas logo recuou.


- Vamos dormir. De manhã Dixon fará seu trabalho e nós faremos o nosso. Ficar remoendo isso agora, depois de tudo que vocês passaram, não irá ajudar. Amanhã será um novo dia com novos dilemas e estaremos restaurados para tal. Acalme-se e descanse, acharemos o que fazer. Ordens médicas. - Ele sorria e Bonny não retribuía, olhava para os novatos e então saía dali, indo para a área inicial, onde tiveram de falar com o brutamontes para adentrar e lá ele se sentou num canto do recinto e fechou os olhos. Klaus olhou para os demais e se aproximou do interruptor, desligando as luzes e permitindo que todos ali ficassem acomodados. Os aparelhos que mantinham a garota na outra maca emitiam luzes e isso não deixava o local completamente escuro, o que permitiu que o médico se movimentasse com certa maestria e pegasse algumas cobertas brancas em um armário e passou entregando para cada. Por fim ele apenas sentou-se em sua mesa e colocou os pés para cima, equilibrando-se na cadeira enquanto empurrava a parte das costas contra a parede para que não houvesse risco de cair e se obrigava a dormir.

- Ah, é mesmo. Você não sabe onde está por termos restringido sua visão com um capuz, não é mesmo? - Capri falava como se houvesse se lembrado de algo bobo, olhando para Raamar da forma mais amigável possível. - Além disso, não sabe se há alguém atrás dessa porta ou algo mais. Se está longe de onde parou, se está acima ou abaixo. E mesmo que soubesse, desconhece a geografia desse local, o que o faria andar em círculos e mesmo assim, digamos que você consiga sair... Irá para onde? Correr a noite inteira em busca de ajuda? Quem o ajudaria? A Marinha? Não seja inocente, meu amigo. - Sentava-se na mesa e começava a balançar as pernas, batendo o calcanhar no suporte enquanto nem ao menos olhava para o pequeno. - Iremos passar a madrugada em claro, apenas para esgotamento mental. Só nós dois, aqui nesse quartinho. Está livre em tentar escapar, mas acho que não irá gostar disso. A menos que você seja um exército de um homem só, sugiro que vire a madrugada comigo, me conte de sua infância, me dê material para que possamos nos conhecer. Pela manhã, você irá tomar um Sol e fará uma caminhada agradável. Será divertido.


------------

Kyoko Mogami

Gemas: 3

Evolução da Aventura: Concluída (40)
Nível da Aventura: Blues (00)
Nível da Escrita: Excelente (20)
Nível de Interpretação: Excelente (30)
Nível de Interatividade: Excelente (20)
Intensidade do Intervalo de Postagem: Assíduo (10)*
Integrantes da Missão: Tripulação (30)
Total: 150

Ganhos: 225,000B
CP3 + 950,000B
Máscara do Governo
user posted image
Perdas: (Já subtraí em ganhos)
Fama: +1

Raamar Be'liant

Gemas: 3

Evolução da Aventura: Concluída (40)
Nível da Aventura: Blues (00)
Nível da Escrita: Excelente (20)
Nível de Interpretação: Excelente (30)
Nível de Interatividade: Excelente (20)
Intensidade do Intervalo de Postagem: Assíduo (10)*
Integrantes da Missão: Tripulação (30)
Nvl 7 em Blue: -20
Total: 130

Ganhos: 20,000B
CP3 + 950,000B
Máscara do Governo
user posted image
Perdas: Nakhe
Fama: +1

Isaack Vicenzo

Gemas: 3

Evolução da Aventura: Concluída (40)
Nível da Aventura: Blues (00)
Nível da Escrita: Excelente (20)
Nível de Interpretação: Excelente (30)
Nível de Interatividade: Excelente (20)
Intensidade do Intervalo de Postagem: Assíduo (10)*
Integrantes da Missão: Tripulação (30)
Total: 150

Ganhos: Toda Bag do Raamar, exceto por sua arma.
Bombas amadoras 4x
CP3 + 950,000B
Máscara do Governo
user posted image
Perdas: Nada
Fama: +1

¹* - Preferi ignorar a regra do "faltoso", pois isso é uma aventura de tripulação e já se é esperado que pequenas demoras ocorram, por discussões internas de quem vai postar primeiro, sobre o que irão fazer na aventura ou mesmo, pela vida real não permitindo que o primeiro postador o faça e acabe por prolongar dos demais. Também não quero que "O Primeiro Postador" seja penalizado, pois todos tiveram uma ótima interação na aventura e mesmo que suas demoras tenham sido acima de 48h, não foi exatamente muito além disso.

This post has been edited by Angelique: Jul 24 2017, 03:27 PM

--------------------
user posted image
mp
^
Raamar
 Posted: Jul 24 2017, 09:03 AM
citar


Raamar




709 posts

Ficha

Raamar is Offline

Programador




ATO 2 - Rei, capitão, soldado ou ladrão?!


Vou colocar a avaliação que foi discutida entre eu, @Isaack e @Kyoko, mas antes disso queria agradecer a @Angelique por ter assumido nossa aventura mesmo já estando sobrecarregada, nós 3 estávamos cientes disso e de que alguns turnos teríam atraso, motivo esse pelo qual não fomos rígidos com os prazos.

A história se desenvolveu muito bem e conseguimos progredir muito com os personagens, as situações propostas tanto pelo @Rawnor quanto pela @Angelique foram perfeitas nesse sentido. Irei colocar a avaliação para ambos e deixo ao cargo do Avaliador decidir quanto atribuir a cada um.

Por fim, só queria levantar alguns pontos sobre a premiação que já passei para a Angelique:
  • Minha xp (Raamar) precisa sofrer o redutor de -20xp por já estar no nível 7;
  • Faltou a entrega dos salários referentes a essa aventura;
  • Faltou os valores de fama;
  • O valor em dinheiro acredito que esteja certo, pois ainda que tenhamos recebido dinheiro durante a aventura, acabamos gastando bastante também, mas não conferi de fato isso.

QUOTE (Rawnor)

  Posta dentro do Prazo (48h por post)?
  10- Começou bem, mas cada vez mais atrasava sem de fato justificar ou avisar que iria atrasar, entendemos que os atrasos foram por situações adversas da vida, mas chegou um ponto que não dava mais para manter.

  Enredo e desenvolvimento?
  25 - O enredo proposto foi muito bom para o desenvolvimento dos personagens, conseguiu colocar a reunião do trio em forma de missão, o que encaixou muito bem com a história deles, não sendo um recrutamento forçado.

  Julgamento de ações:
  25- Deu uma boa liberdade aos personagens para que pudessem interagir e criar vínculos, o que foi muito importante visto que precisam desenvolver confiança uns nos outros para poderem trabalhar juntos. Colocou boas cenas de alívio de tensão trabalhando bem os vícios e personalidades dos personagens.

  Escrita:
  25- Excelente.

Total = 85


QUOTE (Angelique)

  Posta dentro do Prazo (48h por post)?
  25- Como já dito, estávamos cientes de possíveis atrasos, e mesmo esses não foram nada significativos.

  Enredo e desenvolvimento?
  25 - As situações colocadas nos fizeram discutir em grupo por horas para analisar qual caminho deveríamos seguir, as escolhas nunca eram faceis e isso foi realmente divertido.

  Julgamento de ações:
  25- Simplesmente perfeitos, soube trabalhar muito bem os níveis e capacidades de cada personagem, impondo restrições de formas bem diversificadas como psicológicas ou por conta da personalidade de cada um.

  Escrita: 0 – 25
  25- Não podia ser melhor, passa exatamente a mesma sensação de ler um livro, os cenários são muito bem descritos e os NPC's são bem profundos, com várias camadas para se entender, desvendar e trabalhar. Tudo é muito bem conectado, muitas coisas ocultas no texto para caçarmos e trabalharmos.

Total = 100



This post has been edited by Raamar: Jul 24 2017, 10:56 AM

--------------------

user posted image
mp
^
Flamel
 Posted: Aug 1 2017, 02:18 PM
citar


Flamel




878 posts

Ficha

Flamel is Offline

Marinheiro




Estarei responsável por avaliar essa aventura, mas antes de finalizá-la peço ao narrador @Angelique que especifique como a fama dada foi adquirida, seguindo os atuais moldes do fórum:

QUOTE

Marinheiros/Agentes do Governo:

Ganhando:
1. Sucesso da missão: Blues (+1), GL (+2) e NW (+3).
2. Captura de alvo(s)/criminoso(s) com vida*: Blues (+1), GL (+2) e NW (+3).
3. Resgate de reféns e/ou NPC's em situação de risco: Blues (+1), GL (+2) e NW (+3).
4. Apreender e/ou destruir recursos de facções adversárias: Blues (+1), GL (+2) e NW (+3).
5. Derrotar e/ou Capturar NPC importante: Blues (+3), GL (+5) e NW (+7).
6. Derrotar em PVP PLAYER de facção adversária: Blues (+3), GL (+5) e NW (+7).
7. Capturar PLAYER com recompensa: Blues (+3), GL (+5) e NW (+7).
8. Salvar cidade ou ilha: Blues (+3), GL (+5) e NW (+7).
* Não se aplica as CP's 0 e 9.

Perdendo:
1. Falha da missão: Blues (-1), GL (-2) e NW (-3).
2. Fuga de criminoso após captura: Blues (-1), GL (-2) e NW (-3).
3. Destruição/morte de reféns desnecessárias ou evitáveis: Blues (-1), GL (-2) e NW (-3).
4. Desacato, Insubordinação e/ou não cumprimento de ordens: Blues (-1), GL (-2) e NW (-3).
5. Considerável número de mortes de NPC's sob seu comando: Blues (-3), GL (-5) e NW (-7).
6. Ser derrotado em PVP por player de facção adversária: Blues (-3), GL (-5) e NW (-7).
7. Base onde se encontra ser tomada e/ou destruída: Blues (-3), GL (-5) e NW (-7).
8. Perda, destruição ou roubo de recursos sob sua responsabilidade: Blues (-3), GL (-5) e NW (-7).


E aos jogadores dessa aventura: @Raamar @Kyoko @Isaack não esqueçam de pedir a conversão de FAMA, sendo que no caso dos Agentes 1 ponto de Fama Global será transformado em 10 pontos de facção.
mp
^
Angelique
 Posted: Aug 2 2017, 12:34 AM
citar


Angelique




343 posts

Ficha

Angelique is Offline

Inativo




Fora equivocado, dei apenas 1 ponto pelo primeiro item, mas gostaria de implementar o 2º (por capturarem o alvo deles, Bonifácio), 4º, por terem destruído um bar mafioso e 5°, ao ter feito de refém o Bonifácio.

1 - 1
2 - 1
4 - 1
5 - 3
Total: 6
mp
^
Flamel
 Posted: Aug 2 2017, 01:46 PM
citar


Flamel




878 posts

Ficha

Flamel is Offline

Marinheiro




Avaliação final:

Curti muito a aventura e vi que houveram situações que as escolhas precisaram de alguma reflexão, coisa que geralmente é pouco explorado por jogadores e narradores e achei isso muito bacana. No geral eu achei uma aventura "curta" não pela quantidade de posts, mas se o narrador e os jogadores desejassem dava pra ter aproveitado e estendido muita coisa (opinião pessoal).

Sobre os players, Raamar e Isaack já possuem seus próprios estilos e gosto muito deles, as vezes sinto que o Isaack poderia aproveitar um pouquinho mais pra aprofundar o personagem em certos momentos, mas o caminho tá muito bom. Agora um destaque especial para Kyoko, de longe é a personagem que mais explora seu lado reflexivo e emocional, curto muito isso.

Sobre as premiações:

Irei manter tudo MAS @Angelique, mesmo sendo em grupo ou não, peço para que na próxima aventura você aplique a regra de assiduidade ao pé da letra, entendo que é um jogo em grupo e todos possuem suas vida em OFF, mas existe alguns players que sacrificam seu tempo para manter-se dentro do período de postagens e não aplicar a regra é errado para com eles, então peço que aplique essa regra nas próximas aventuras narradas por você.

Aos jogadores: @Raamar @Isaack @Kyoko, a fama de facção total ganha foi de: 6 PONTOS e não esqueçam de fazer a conversão da fama antiga para o novo modelo.

Aos narradores: @Rawnor @Angelique

Rawnor: 1 Gema

Angelique: 100% de XP + 2 Gemas
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (7) « First ... 5 6 7 
fechado
novo tópico
fazer enquete