versão 8.1

Pages: (3) 1 2 3  ( Go to first unread post )
responder
novo tópico
fazer enquete

 #1 - Não existe descanso para os perversos!
Tyr
 Posted: Nov 1 2017, 10:39 PM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker




Uma gota enorme de súor desceu pela testa de Tyr enquanto ele imaginava o que poderia ter acontecido às pessoas que passaram por aquele treinamento. " Mas que porcarias esse cara tem na cabeça? " Tal pensamento permaneceu, afinal, o velho continuava a balbuciar qualquer coisa sem sentido sobre fadas e pedras que não tinham nada a ver uma coisa com a outra. Talvez até tinham, mas Tyr não estava sendo tão atencioso neste ponto, pelo menos por alguns minutos. Até finalmente ver o destino.

- Whooooaa... - Olhava com impressionado para o lugar. Já tinha andado com o bote em torno de Parthevia com seu pai, mas jamais tinha visto aquele lugar. Sua atenção não saía das cores vibrantes daqueles cogumelos enormes, mas seus ouvidos pegavam uma coisa ou outra que era dita pelo capitão. - Hum? - Seus olhos agora estavam no capitão novamente, tinha ouvido o barulho dele descendo do barco. Desta fez, ouviria tudo o que ele tinha para falar. Pra quê foi ouvir. Um par de palavras ecoou pelos seus ouvidos e com elas zilhões de histórias contadas por seu pai. De repende o fato dele ter se revelado um pirata procurado pela marinha tornou suas histórias muito mais assustadoramente reais. Não que Tyr estivesse todo cagado mas...na verdade sim, estava sim.

user posted image
- C-C-C-CALM BELT?! VOCÊ DIZ O LUGAR QUE MORA AS SERPENTES GIGANTES QUE PROTEGEM A GRANDE ROTA?! -

Ele era um marinheiro nato, o mar era mais terra do que sua terra mas algo o deixou enjoado por algum motivo. - GAH! VELHOTE, VOCÊ É MALUCO?! - Só de lembrar os FILHOTES que viu seu pai enfrentar lhe davam calafrios. Pelo que lembrava das história, Tyr não tinha nem altura de um dente daquelas coisas. Virou de costas e ficou encarando o mar por alguns segundos. Engoliu seco. Isso tudo só parar ouvir que tinha uma missão para aquele dia: Sobreviver.

[Fundo Musical]

- QUEEEEE?! - Sumiu. Tarde demais pra reclamar mais ou para sentar e chorar. - MALDITO VELHOTEEEEEEEEEE!!!! - Seu grito provavelmente fez todos os pássaros da ilha voarem e talvez todos os tripulantes do navio também tinham ouvido ele. De toda forma, tinha que fazer alguma coisa! Seus punhos se fechavam e em pura raiva começou a correr na direção que o velho tinha corrido! - GRRRRRR!!! - Não para encontrá-lo, mas sim para explorar mais a ilha e ver o que tipo de desafio tinha na sua frente!

Tyr não era o melhor estrategista do mundo e nem era de pensar muito no que deveria fazer, mas de uma coisa: Estava com um azar escroto! Não poderia pescar pois poderia acabar dando de cara com uma serpente de 1000 km de comprimento e muito menos comer qualquer coisa que visse, pois poderia acabar morrendo também! Cogitou caçar, mas a ausência de seu tridente o deixava sem muitas opções. Foi quando parou de andar e olhou para a montanha-alvo. - Tch! Não deve ser muito difícil. - Estava na sua forma mais verdadeira: Cabeça dura! A primeira tentativa seria muito simples: Tentar escalar a montanha na raça! Procurando frestas para colocar as mãos e lugares para apoiar os pés! O que de pior poderia acontecer?

@Vinus

QUOTE (OFF)
NUNCA DUVIDEI \O/


This post has been edited by Tyr: Nov 1 2017, 10:39 PM
mp
^
Vinus
 Posted: Nov 11 2017, 02:23 PM
citar


Vinus




300 posts

Ficha

Vinus is Online

Estagiário




Correr! Essa foi a reação imediata de Tyr. Deixando para trás a fina faixa de areia que compunha o litoral daquela estranha ilha, o garoto se embrenhou por uma vegetação densa, alta e curiosamente homogênea. Por sobre o tapete gramado cresciam plantas de um tipo que Tyr nunca tinha visto na vida. Elas tinha um caule ereto e verde que subia por vário metros com uma ponta globosa e membranosa que pendia para baixo, bem lá no alto. Parecia uma estranha floresta de postes gigantes. O vento fazia os globos balançarem e colidirem uns com os outros e com caules de plantas mais altas, produzindo um estranho e agradável som que lembrava o tilintar de objetos metálicos. Vez ou outra o garoto passava por coroas de flores rasteiras que cresciam no meio da grama, sempre de uma cor só. Vermelhas, amarelas, roxas. Eram bonitas, mas escassas.

Depois de uma breve corrida, por pouco mais de meia hora, Tyr se deparou com seu primeiro obstáculo: uma grande parede de pedra! Ela se erguia bem acima das estranhas plantas, e suas rochas estavam cobertas por um tapete de musgo verde, o que as tornava perigosamente escorregadias. De frente para a parede e se lembrando agora do seu vislumbre inicial da ilha, Tyr percebeu que ela era composta por vários níveis de altitude, e ele só estava no primeiro, o nível do mar. A base da montanha alvo, a imponente rocha-cogumelo vermelha que se erguia para além das nuvens, estava pelo menos três níveis acima dele. Chegar até lá seria bem mais trabalhoso do que o jovem pensara.

De qualquer forma não haviam escadas ou uma outra maneira de superar o primeiro nível que não fosse escalando a parede. Subir nos caules das plantas era difícil, pois eles eram muito pilosos e cerosos (tinham muito pêlo e soltavam uma cera estranha e grudenta). Sem muita opção e com o tempo em seu encalço, o garoto começou a subida. O musgo era de fato bem escorregadio, de modo que Tyr escorregou uma ou quatorze vezes, mas se manteve firme e não caiu. Com bastante dificuldade ele chegou próximo do topo, onde pode vislumbrar uma cena estranha.

Na borda do próximo nível o aspirante a recruta viu um enorme cogumelo roxo, quase do tamanho de uma pessoa pequena. Ele tinha dezenas de pequenos tentáculos em sua base com os quais se movimentava, e também quatro tentáculos maiores que saiam da base de seu chapéu. Com eles o cogumelo estranho erguia o corpo de uma criança que gritava desesperadamente. _Ei, me solta sua criatura nojenta! Eu vou contar tudo pra minha mãe, você vai ver... AAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH!!!_ E finalizou com um grito maior quando o cogumelo simplesmente a arremessou para baixo! Até aí tudo bem, mas temos que considerar um outro fator muito importante nessa narrativa: o azar escroto! É isso mesmo caro leitor. A criança foi arremessada justamente na direção de Tyr, que não teve tempo para reagir. Ambos colidiram com violência e despencaram parede abaixo, batendo com força no chão. Tyr estava por baixo, por isso levou a pior.

Tyr: 42/50

@Tyr
mp
^
Tyr
 Posted: Nov 15 2017, 12:06 AM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker




Os cabelos espetados ao vento, os punhos fechados e uma espécie de desespero misturado com um sentimento aventuresco! " Mas que merda, o que ele quis dizer com talvez nunca coma nada?! " O pior passava pela sua mente, o fazia engolir seco! Ainda sim, era combustível para continuar a corrida! " Além do mais... " Parou por um segundo, encarando um dos caules enormes... - QUE LUGAR É ESSE!? OLHA O TAMANHO DISSO! - Gritava com dentes afiados e um cabeção, enquanto apontava para as enormes estruturas! Só tinham ouvido falar de coisas como aquelas, jamais visto uma bem na sua frente!

Tyr nunca foi de pensar muito, sempre fora um rapaz de ação! (Apesar de que isso provavelmente já deva estar claro nesse ponto) Então tratou de pular num daqueles caules e começar a subir! Uma, duas, três, quatro, cinco...treze, quartorze vezes! Já estava quase chegando, mas nesse ponto uma veia já pulava da sua testa. " Mas que diabos...pêlos e essa porcaria nojenta...isso não faz sentido ne... " Parou de falar, afinal, estava vendo uma coisa que fazia ainda menos sentido do que os tais pêlos e coisa nojenta.

- Um...cogumelo tá comendo uma criança? - E sua cabeça fazia um ângulo de noventa graus, demonstrando a confusão. Infelizmente, não por muito tempo. Antes que pudesse fazer qualquer outra nota a respeito daquele estranha situação, o corpo da criança era levantado. Era óbvio o que iria acontecer. - OI! EI! OI! NÃO! - Desesperado olhou para os lados, como se procurasse um meio de escapar, mas era inútil. Não havia espaço, muito menos tempo. - MAS O QUE ESTÁ ACONTECEEEEEEEeeeennnndooo.... - E sua voz foi descendo até ser esmagado pela criança quando aterrissou.

- MAS QUE- - Parava para tomar ar. Tyr se levantava imediamente enquanto ainda ofegante apontava para a criança em pura fúria. - O QUE PENSA QUE TÁ FAZENDO MULEQUE?! NÃO ME VIU ALI NÃO?! - De repente sua expressão de raiva se tornou a de alguém "normal" e sua mente trabalhou por alguns longos segundos. Algumas reticências sobre a cabeça de Tyr e ele finalmente fazia a pergunta que realmente importava. - QUE DIABOS UMA CRIANÇA FAZ NUM LUGAR COMO ESSE?! QUEM É VOCÊ!?

@Vinus

QUOTE (OFF)
Estou pensando em fazer um treinamento pesado no Tyr pra justificar uma mudança de aparência nele! Quero usar o Ippo como referência! (Meu Avatar!) Pensei em escrever uma fic sobre um treinamento depois que a missão de Ohara acabar! Seria meio que um divisor de águas, saca? Tipo um mini time-skip! O que acha? Se tiver idéias aceito também! Estava pensando também em apresentar o boxe pra ele em algum momento! Só preciso de um motivo pro cabelo dele mudar de cor. OUHAEAEEOAHUEAOEA A pricípio será um treinamento estilo Saitama. kkkkkkkk
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (3) 1 2 3 
responder
novo tópico
fazer enquete