Gray Island
versão do sistema: 8.1

Pages: (3) 1 2 3  ( Go to first unread post )
responder
novo tópico
fazer enquete

 Arco do Bando da Quimera parte 2, Os Anti-Quimera
Redenblack D. Ryan
 Posted: Feb 13 2017, 08:36 PM
citar


Redenblack D. Ryan




531 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador





Quimera's Band Arc
Desconhecido!

U
ma manhã chuvosa em Sealkoun Town! A visão do ceu todo coberto e acidentado, a água escorrendo pelas estradas, assim como pingando pelos tetos, de certos não animavam ninguém para sair nas ruas, deixando a cidade quase que deserta apenas para alguns bravos e corajosos que decidiam não deixar com que a chuva atrapalhasse a sua rotina.

Se passaram dezassete dias desde a captura de Grubeld, o Urso, e cerca de uma semana desde que o Esquadrão 105 recebeu oficialmente a missão de capturar o Bando da Quimera, até mesmo ganhando o nome de "Esquadrão de Caça ás Quimeras". Desde então, foram feitas equipas tanto para proteger pontos específicos e estratégicos que constituíam nas entradas e saídas da ilha, assim como para investigar e localizar o paradeiro dos piratas, sempre revezando os membros de cada equipe; no entanto, até o momento nada! os rastros começaram a se esfriarem e tudo estava muito quieto. Talvez até demais!

Voltando para aquela manhã chuvosa, Yukimaro Tachibana, Ganauche Gaebolg, assim como os demais integrantes do Esquadrão de Caça ás Quimeras foram convocados para o salão das operações pela tenente Hana. Lá no local, já estavam alguns membros já sentados em suas carteiras, como Matt Burke, Jahzmine Rai, Mitsurugi Ryuuchi que polia uma das suas seis espadas, Buzz Senna devorando uma enorme sanduba e Johnny Goode, que ajeitava o seu caraterístico topete com um pente.


Além desses, na frente do quadro negro e próximo da carteira mais grande (lembrando que a sala de operações mais parecia com uma sala de aulas) estava a tenente Hana e um marinheiro que tanto Ganauche como Yukimaro nunca tinham visto antes. Tratava-se de um jovem de cabelos negros curtos e lisos, olhos azuis bem claros e um porte esbelto. Vestia uma farda de marinheiro, no entanto com algumas leves modificações: por cima da camisa branca, usava uma negra de mangas curtas e que tinha o logo da marinha estampado no lado esquerdo do peito; seu lenço azul no pescoço era bem mais grosso e o usava ao contrário (estilo thug xD); havia um rasgão em sua calça, acima do joelho e suas meias verdes ficavam bem visíveis. Também, usava um coldre na cintura onde, além de guardar uma revolver, também havia mais dois bolsos, talvez para guardar munições. De alguma forma, não obstante seu sorriso, seu olhar era bem gélido e não aparentava ser apenas por causa da cor de seus olhos. Além disso, tal olhar parecia ser familiar para Yukimaro. Quem era ele? O que estava fazendo lá?


Off: Acho que já demorei bastante, mas aqui está o inicio da aventura. Em seus primeiros post, quero que vocês descrevam um pouco como passaram a semana após de receber alta e da cerimonia de condecoração. @SageLion e @HeroMadao

--------------------


mp
^
SageLion
 Posted: Feb 14 2017, 12:21 AM
citar


SageLion




82 posts

Ficha

SageLion is Offline

Marinheiro




Eis que os 7 longos dias de estadia no hospital passaram e finalmente recebemos alta. Antes de termos qualquer chance de planejar algo, fomos convocados para a cerimônia de premiação na qual fomos parabenizados formalmente pela missão e recebemos nossas promoções. Depois dos perigos que passamos na missão e de ter um vislumbre das ameaças que ainda existiam mundo afora, receber tal promoção apenas aumentava o peso sobre nossos ombros, mas a euforia de estar subindo de cargo também servia para incendiar o coração, sabia que aos poucos estava me desenvolvendo e que um dia poderia ser o herói de outros esquadrões, da mesma forma que o Tenente Flint agiu!

Com todas formalidades terminadas pude voltar a fazer o que já estava mais do que agoniado, e sem dúvidas o jovem Tachibana também estava, que era treinar, botar os músculos para trabalhar e botar toda raiva e angustia que ficou da missão, para fora através do suor. Pouco tempo depois as armas que havíamos ganho do Dojo chegaram, era incrível como eles conseguiram produzir de forma perfeita algo que havia desenhado, algo que nem de longe é uma habilidade minha. Mas não era só o formato que era bem feito, ela emanava um certo calor próprio que apenas ficava mais "visível" após vesti-la.

user posted image


Enquanto os dias iam passando aproveitava as faltas de missões para sempre repetir os treinos, agora me adaptando à nova manopla, seja treinando sozinho ou fazendo lutas amistosas com companheiros. Uma rotina que havia criado era de sempre após os treinos ir visitar Pride-san, deixa-lo saber que acima de tudo poderia contar com o apoio de seus colegas de farda. Além dos treinos normais, iniciei algo mais secreto digamos assim, desde a luta contra Grubeld eu pude notar algo em mim, era como se fosse uma chama invisível que vinha de dentro para fora, mas era algo que eu não tinha controle, vinha apenas nos momentos mais desesperadores. Com o tempo de meditação pude começar a fazer um traçado sobre esse poder misterioso, acredito que tenha sido ele que causou o meu ataque bestial contra os piratas no passado, mas por não ter um corpo preparado o mesmo me causava entrar em um estado de transe no qual quase ocorreu contra Grubeld novamente, mas mantive o raciocínio, mas apenas reagi de forma mais bestial.

Eis que após dias de apenas treinos e de buscas sem resultados, fomos chamados para uma reunião com a Tenente Hana, será que finalmente conseguimos algo a respeito das Quimeras!? Chegando na sala tratei de cumprimentar todos os colegas presentes e esperar pela Tenente que chegou não apenas sozinha, mas trazendo consigo um outro marinheiro, que pelas vestes mais liberais imaginava ser no mínimo um Sargento-ajudante. Agora era questão de apenas esperar o pronunciamento da Tenente, mas não conseguia de deixar de observar o rapaz, seu olhar era gélido de uma forma quase não-humana, diria até que parecia um robô ou algo do tipo....


This post has been edited by SageLion: Feb 18 2017, 12:26 AM
mpWebsite
^
HeroMadao
 Posted: Feb 23 2017, 05:30 PM
citar


HeroMadao




503 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Inativo




Muita coisa havia acontecido desde seu último combate. Tinha passado por uma missão em uma estranha caverna com cristais azuis. Conhecera um velhote, um loiro meio mongolão, e reviu seu irmão perdido...que dia! Quem diria que o veria na marinha! Obviamente não teve coragem de contar quem era: não estava forte suficiente ainda para se mostrar "vivo" para a família... Precisava treinar muito ainda.

Yukimaro treinou arduamente dia após dia, muitas vezes fugindo do resto da marinha para treinar e arranjar briga (farei uma Fic disso quando minha ficha ficar atualizada). Depois que voltou do destinado encontro com seu irmão e outros aliados se descuidou da aparência, mas pegou PESADO no treinamento: deixou a barba e o cabelo crescerem, ficou despenteado e muitas vezes saía nas ruas sem uniforme, assumindo a aparência de um andarilho para testar suas habilidades.

A nova convocação naquela região que acendeu a velha chama de competitividade e revanche que gostaria de ter com Raito. Seria novamente o grupo retomando as buscas pelo Bando da Quimera. Só quando recebeu a convocação formal decidiu arrumar o cabelo, tomar um belo banho e fez a barba.

Ele estilizou seu uniforme novamente, mas a grande maioria dos marinheiros nem comenta mais. Seguiu para a sala de reunião vestindo o Kevlar escondido embaixo do uniforme, e com seu novo bastão em mãos. Estava armado ainda com o chicote, presto no braço esquerdo: estava pronto para lutar ali mesmo caso precisasse.

Spoiler
user posted image


- Me apresentando, eu tive uma missão, andei treinando e...

Ele parecia reconhecer o novo homem, mas fica quieto observando. Até esperar todos se apresentarem. Não deixava disfarçar a desconfiança, e fazia uma cara emburrada antes mesmo de receber as ordens. Cumprimenta seu aliado no entanto. Sua mente geralmente funcionava bem, mas se sentia extremamente incomodado com aquela pessoa.

- E...quem é esse figurão? Nos conhecemos por aí?

Ele não vai fazer nada, sabia que recebia ordens. Aguardava agora.

--------------------
"Laws, like bones, were made to be broken."
Música Tema
Música Tema (Combates)

user posted image
mp
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Mar 2 2017, 10:16 PM
citar


Redenblack D. Ryan




531 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador





Quimera's Band Arc
Uma Nova Missão!

A
os poucos, cada um dos integrantes do Esquadrão 105, começavam a fazer a sua aparição. Ganauche Gaebolg, que passara aquele lapso de tempo treinando e tentando desvendar mais sobre a misteriosa energia que sentia dentro de si, chegara cedo na convocação, cumprimentou os demais companheiros já presentes e notou o estranho sujeito lá presente, não parando de observar o seu olhar gélido. Após dele, chegava também Yukimaro Tachibana, que fora recentemente promovido para Soldado de Primeira Classe após de uma missão realizada em Sagan. Ele também reparara no desconhecido marinheiro e que de alguma forma lhe era familiar mas, diferente do outro companheiro, mostrava abertamente sua desconfiança ao cumprimentá-lo. O jovem de cabelos negros e olhar gélido apenas sorriu ao responder.

???

[???] - Não nos conhecemos... Tachibana-san!

A forma com a qual pronunciava o nome do Red Raven demostrava puro sarcasmo mas, mais do que tudo, como é que ele conhecia seu apelido? A seguir, compareciam, um atrás do outro, os marinheiros restantes e que tiveram certa participação nos eventos da trama anterior: o panda Yamato, Alba Sapphire, Emma Sunflower que, como já era de se esperar, era seguida por Axel Braddock, seu stalker pessoal. O único que faltava era apenas o Isshin Pride, no entanto isso era compreensível dada a situação em que se encontrava.

Com todos os membros do esquadrão ali presentes, a tenente Hana fez sinal para eles sentarem e assim fizeram. Tossindo um pouco, a oficial deu inicio á sessão.

Hana

[Hana] - Como todos estão presentes, vamos dar inicio á nossa reunião! Faz pouco mais que uma semana que conseguimos desde que conseguimos captar Grubeld o Urso, assim como destruir o navio do Bando da Quimera e devolver a Lança da Fênix ao dojo Kumamura. Desde então, recebemos a missão de capturar as Quimeras que estão se escondendo na ilha. Por causa disso, fechamos a ilha e monitoramos todas as suas possíveis entradas e saídas. Vos dividi em equipes, tanto para proteger os pontos estratégicos, como para investigar e localizar o seu paradeiro. No entanto, os rastros começaram a esfriar e, até o momento, não houve nenhuma movimentação por parte deles, nem para escapar, nem por represália, nem para tentar resgatar o próprio companheiro.

A tenente estava séria, composta, mas ao mesmo tempo não conseguia disfarçar um pouco de preocupação em sua voz. E como não poderia? Tudo estava bastante estranho, suspeito, com certeza as Quimeras estavam tramando algo. a tipica "Calmaria antes da Tempestade". Mesmo assim, sorriu de leve e apontou para o jovem de cabelos negros ao seu lado.

Hana

[Hana] -Apresento-vos o sargento Cold Kane ! Tal como Yukimaro Tachibana, o sargento Kane transferiu-se da base de L'Arcan e vai integrar o nosso esquadrão. Graças a ele e ao seu trabalho no campo, conseguimos identificar um possível esconderijo do Bando, para onde levam os rastros encontrados pelo sargento e que parecem serem recentes. Sendo assim, iremos formar uma equipe para investigar essa nova pista, enquanto que uma outra vai ficar para dar apoio na defesa da base, caso tentem resgatar seu companheiro; e uma ultima para proteger o porto. Mas nossas informações não param aqui! -

Isso de certa forma poderia justificar o motivo pela qual o sargento Kane parecia familiar ao ex-arruaceiro, já que haviam muitos marinheiros naquela base. Mesmo assim, não dissipava de todo aquele desconforto e desconfiança que o sempre desconfiado e fechado marinheiro sentia.

Kane

[Kane] - Vai ser um prazer e uma honra trabalhar convosco! Espero que nos demos bem! -

Enquanto o novo integrante sorria e acenava para os presentes, a tenente Hana afixou no quadro negro os cartazes já conhecidos do capitão das Quimeras, Draco, o do Raito e o do Grubeld, apesar desse ter um grande X vermelho nele.

Hana

[Hana] - Nós já capturamos, na ultima batalha todos os piratas que estavam afilhados/trabalhavam para o Bando da Quimera. Entretanto, apenas conseguimos pegar um dos membros principais, Grubeld o Urso e já tínhamos informações sobre o capitão e seu braço direito. Jahzmine Rai conduziu o interrogatório dos presos para obtermos mais informações sobre o grupo. Grubeld se absteve de falar, não obstante a tortura e até mesmo tentou morder a sua própria língua em varias ocasiões se não fosse impedido. Boa parte acabavam cedendo e pelas informações arrancadas, dentro do Bando havia uma certa hierarquia, existindo grupos de piratas que seguiam um membro principal especifico do bando, que agia como comandante do grupo, mas todos acabavam respondendo ao capitão. Um exemplo era o caso de Gerard, que era um dos subordinados do Grubeld. Durante o ataque ao dojo Kumaura, Grubeld teve a liderança de todos os grupos, já que estavam cientes de que haveriam uma emboscada. De todo modo, reunimos informações sobre os lideres de três lideres desses grupos. Ainda há mais um líder, no entanto todos os membros desse grupo, ao serem interrogados sobre seu líder, acabavam saindo fora de si e se matando. Segundo os outros piratas, os membros desse grupos eram constituídos por piratas que não aceitaram se submeter ao Bando e foram forçados através de uma especie de poderosa droga. Tudo o que soubemos do líder desse grupo e que se trata de um mink especialista na confeição de drogas, venenos e explosivos. -

Ao terminar sua explicação, a tenente começou a afixar três cartazes no quadro negro ao passo que tratava de dar informações sobre cada um desses.


[Hana] - Steel Shahark é um tritão tubarão originário de Verona, no North Blue. Trabalhava no submundo da cidade como assassino de aluguer, eliminando principalmente humanos e marinheiros que poderiam atrapalhar os lordes do crime de Verona. Um desses lordes acabou armando uma cilada para ele e acabou o vendendo para um nobre do Reino de Lvneel. Mantido como escravo e bicho de coleção acabou sendo sendo salvo pelo Draco e juntos dizimaram o nobre, toda a sua folia e serviçais. Ele é um dos membros mais fiéis do capitão, e confia em sua força acima do normal e de sua insólita arma. -


[Hana] - Filha de um Shandian e uma Skypiean, Corvus Iris sempre foi taxada e discriminada como uma aberração ou sinal de mau presságio por ambas as etnias dos povos do céu por causa de suas asas negras. Isso levou a garota a treinar como guerreira Shandian e, eventualmente fugir das ilhas do céu mas não antes de matar as pessoas que mais a desprezavam e levar consigo alguns dials. Navegou de navio em navio, oferecendo serviços como mercenária até chegar no South Blue onde acabou entrando no Bando da Quimera. Ela é a cozinheira do bando e uma exímia arqueira tendo muitas de suas flechas com dials incorporados em suas pontas. -


[Hana] - Viper Nefertite era uma das seguidoras da seita das "Damas de Pedra" de Extanliun, no South Blue. No entanto, ela era de uma facção extremista, feminista para sermos mais precisos, onde acreditavam que o mundo foi feito apenas para as mulheres e os homens não passam de seres inúteis, que apenas sabem destruir o que a natureza criou para elas. Treinada como uma verdadeira guerreira amazonas, assassinou vários homens e mulheres que "caíram nos encantos dos homens" e negavam em se converter. Conta-se que nenhum homem que viu seu rosto sobreviveu para contar a história sendo, por isso, apelidada de "Medusa". Não se sabe como ou porquê, mas acabou entrando no Bando da Quimera, atuando como médica. Alguns piratas que capturamos afirmam que o Draco a derrotou em combate, ganhando o seu respeito e sendo o único que a viu por detrás da sua máscara e ainda estar vivo. Ela luta com garras embebidas com um poderoso veneno e a pessoa mais próxima dela no Bando é Corvus Iris. -

Terminando a explicação, a tenente Hana fez uma breve pausa, dando tempo para os demais assimilarem as informações e fitando cada um deles seriamente, analisando suas feições. Após disso, continuou.

Hana

[Hana] - Agora, iremos formar três equipas: uma irá permanecer aqui, junto dos outros esquadrões, protegendo a base e impedindo que venham soltar o Grubeld; uma segunda equipe, como sempre, vai permanecer no porto, controlando a sua movimentação e impedindo que algum navio ou barco possa ser roubado; a terceira equipa, liderada por mim e pelo Sargento Kane, irá averiguar esse possível esconderijo, tendo em conta a maior possibilidade de encontrarmos o inimigo lá. Alguma dúvida ou observação até aqui? -

Dito isso, ela cruzou os braços debaixo de seus seios e esperou pelos possíveis comentários ou dúvidas de seus subordinados.



Off: Peço desculpas pela demora. Já faz dias que tô fazendo esse post, cada dia acrescentando uma peuena parte, mas como viajei acabei atrasando um pouco, (ainda mais com o Carnava), mas aqui está!
@SageLion e @HeroMadao
mp
^
SageLion
 Posted: Mar 7 2017, 01:53 AM
citar


SageLion




82 posts

Ficha

SageLion is Offline

Marinheiro




Mesmo depois de ser apresentado pela oficial Hana, eu não podia de deixar um calafrio devido ao Sargento Kane, ainda mais depois de notar que até mesmo o agitado Tachibana-san estava meio inquieto com a presença dele. Mas independente de qualquer desconfiança no ar, as explicações sobre o início da próxima missão nos foram passadas.

- Prazer conhecê-lo e receber no nosso esquadrão, senhor!

user posted image


Zoológico de Monstros seria um nome mais apropriado para essa tripulação. Como se já não bastasse os já conhecidos, agora me aparece um peixe com pernas, uma assassina em série alada e uma...hmm, até que essa Viper passa uma impressão de ter uma certa "elegância", um Mundo dominado por mulheres assim até que não seria tão rui....olha o que você ta pensando Ganauche! Se concentra na explicação e para com essas alucinações, tenho que ver esse meu problema com mulheres duronas...

user posted image



Apesar do tom de piada no pensamento anterior, de fato aqueles piratas poderiam facilmente serem chamados de monstros. Apenas por ser uma tripulação recente e ser de um dos Blues, a quantidade que eles possuem de membros com altas recompensas era assombroso , o normal era em tripulações entrar na Grand Line com umas 2 cabeças com recompensas apenas. Mas sem dúvidas entre todos os 3, o tritão é o que mais me preocupa. É de conhecimento público a força absurdamente elevada que eles possuem naturalmente e a ferocidade dos descendentes de peixes carnívoros é ainda mais realçada.

Provavelmente os superiores já haviam definido a melhor formação das equipes, era apenas questão de momentos para se iniciar mais uma nova aventura.


- Oficial Hana, se me permite senhora. Temos informações de como está o contingente dos piratas soldados da tripulação? Já que Grubeld atacou o Dojo com outras equipes, só sobraram os tais líderes ou devemos esperar por inimigos?
mpWebsite
^
HeroMadao
 Posted: Mar 9 2017, 11:54 PM
citar


HeroMadao




503 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Inativo




Não deixava de desconfiar daquela pessoa. O estranho novo homem permanecia parecendo conhecê-lo um tanto demais e isso lhe incomodava. Ele não desvia o olhar nem por um segundo do moreno, deixando claro sua desconfiança e desconforto na presença dele.

- Me chame de Yukimaro. Nem os superiores me chamam de Tachibana...

Seu único olho visível não transmitia exatamente calma: parecia uma fera pronta para avançar contra uma presa. Acuada talvez? Não....simplesmente não confiava e não se sentia bem na presença daquele homem. Por muito quase ignorou que estava com colegar marinheiros. Cerrava seus punhos e parecia pronto para partir para a violência, uma atitude que nem mesmo ele entendia: parecia um grande animal acuado em território desconhecido.

Teria feito uma loucura, se não visse o panda chegando.

- PANDA-SEMPAI!!!

Ele abaixa a bola instantaneamente. Sua semblante muda, e parecia estar "manso" novamente. Ele ouve a líder falando, e decide esperar novamente. Iria ouvir tudo, em silêncio. Ele aguarda mas era bem transparente sua impaciência.

Era possível ver o homem de tapa-olho mordendo o lávio, de raiva. Não chegava á sangrar mas era intenso. Assim que ela apresenta os três e percebe que Raito não estava entre eles, dá um PUTA soco na mesa, era possível que a tivesse danificado.

Estava tentando se conter bravamente, mas não era seu forte ser paciente, como poderiam ver ali. Ele abaixa a cabeça e fala entre os dentes, se contendo muito.

- Eu...não estou aqui para ficar dando voltinhas e capturando peixes pequenos! Eu treinei todos os dias, já quase morri várias vezes...eu NÃO tenho interesse em me arriscar sem uma pista daquele desgraçado...


Dava outro soco, desta vez mais leve, mostrando que retornava sua paciência aos poucos.

- Não quero ficar protegendo objetos...essas coisas...temos que caçar esses desgraçados com força total...Obviamente os nossos métodos não estão gerando resultados...

Ele se põe em posição de sentido e encara diretamente a líder da equipe.

- Não digo especificamente de ninguém desta equipe, mas creio que está faltando pulso firme... eu quero partir para cima deles...se ele quer morder a língua... os métodos não o fizeram repensar ainda...


Yuki não estava pensando em tortura...não...só implicava que deveriam ser mais rígidos.

- Eu farei o que quiserem...mas não quero ficar esperando ser atacado novamente. Desta vez estarei preparado... e não ficarei ferido como antes...


Finalmente parava de falar, ficando disposto á represálias e esperar sua função. Curiosamente fica completamente em silêncio, ainda focando diretamente o novo integrante da equipe: de onde o conhecia afinal?

mp
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Mar 14 2017, 07:40 PM
citar


Redenblack D. Ryan




531 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador





Quimera's Band Arc
Equipes e Prioridades!

M
mesmo após da apresentação do mais novo integrante do esquadrão, o sargento Cold Kane, ainda existia uma tensa atmosfera de desconfiança e desconforto, principalmente no Red Raven que mais parecia como estar prestes a partir para cima dele. Não havia como saber se Kane estivesse o provocando de proposito ou se talvez não fosse intencional, não percebendo o clima pesado entre os dois, mas uma coisa era certa: sua atitude não ajudava!

Kane

[Kane] - Tudo bem... Yukimaro-kun!

Tanto o sorriso como a forma com a qual falou parecia mais ser de deboche, encarando intensamente o marinheiro de tapa-olho com seus gélidos olhos. Por sorte, a chegada do panda Yamato, amigo do Yukimaro, serviu para amenizar um pouco os ânimos, ainda mais porque a tenente Hana começava a explicar sobre a situação atual. Tanto Ganauche como o ex-gangster, assim como os demais companheiros, ouviam a tudo, mas em seus íntimos tinham duvidas e preocupações a serem sanadas. Afinal, tal como o lutador loiro pensara, era bem incomum uma tripulação nos Blues possuírem vários elementos com recompensas em suas cabeças. O fato desses membros do Bando da Quimera terem tido suas recompensas por atos cometidos desde antes de sua integração só provava o quão perigosa a tripulação pirata era em si e a necessidade de ser detida antes mesmo que entrasse na Grand Line.

Pedindo a palavra, o primeiro a se expressar era Gaebolg, que foi prontamente respondido pela tenente.

Hana

[Hana] - Não precisa se preocupar sobre isso, soldado Gaebolg! Como eu tinha dito antes, na ultima batalha conseguimos prender todos os piratas que trabalhavam pelas Quimeras. Pelo que parece, o ataque em long escala feito pelo Grubeld contra o dojo Kumamura foi feita com a força total do Bando. Por isso, a menos que forcem bandidos, criminosos ou civis da ilha a trabalhar para eles, é bem provável que enfrentaremos os membros principais do bando, ou seja os seis já conhecido com o sétimo misterioso.

Já o arruaceiro, num impeto de raiva, socou a mesa com força, ao ponto que ficou partida no meio. Provavelmente por alguém ficar sentado na sua frente ou pelo campo de visão reduzido pelo tapa-olho, o marinheiro não vira o cartaz de Raito, assim como o de Draco e o riscado de Grubeld, junto aos novos cartazes recém apresentados, e mostrava o seu descontentamento sobre o tipo de missão que completaram há mais de uma semana atrás. A tenente apenas suspirou, fechando os olhos, colocando uma das mãos á têmpora e se sentando. Em seguida, voltou a encarar o Yukimaro de forma de forma séria, mas também um pouco repreensiva.

Hana

[Hana] - O tenente Flint já me avisou de seu temperamento e de sua desavença ou quase obsessão contra o Raito, o Miúdo Maravilha! Entendo que treinou bastante para superar suas fraquezas e isso eu admiro, no entanto não deixe os seus sentimentos levarem o melhor e ser imprudente. É por isso que mais do que força total, é necessário ter uma boa estrategia para não sofrermos baixas desnecessárias. Além disso, se se acalmar, ficaria feliz ao ouvir a prioridade da nossa missão!

Terminando de falar, era a vez do sargento Kane tomar a palavra, dessa vez não mais sorrindo mas ostentando certa seriedade ao tocar o assunto.

Kane

[Kane] - Eu mesmo tratei do interrogatório e pode crer, não peguei leve, ainda mais com ele. Mas, mesmo sobre tortura, ele não cedeu, nem sequer proferiu uma palavra. Não é ara nada que é um dos membros principais do bando e líder de um dos grupos! Ele é do tipo que preferiria morrer ao deixar vazar alguma informação. -

Enquanto isso, a tenente se levantou e escreveu no quadro "Equipa 1", "Equipa 2" e "Equipa 3". Uma vez que Kane terminara de falar, a tenente começou a dividir os presentes em grupos transcrevendo seus nomes debaixo de sua respetiva equipa.

Hana

[Hana] -A Equipe 1 patrulhará o porto, verificando todo e qualquer navio que entrar ou sair dele, assim como a movimentação de pessoas no local, tendo mais atenção e todo e qualquer pessoa que parecer suspeita. A equipe consistirá por Matt Burke, Johnny Goode, o panda Yamato e Axel Braddock. O soldado Burke será o líder. -

Assim que terminava de apresentar e escrever tais nomes no quadro, um alto grito masculino podia ser ouvido nos fundos. Tratava-se de Axel que, com as mãos á cabeça esfregando os seus longos cabelos loiros e lisos, aparentava desesperado e exclamava.

Axel

[Axel] - EEEEEH! NÃAAAO! Isso não pode estar acontecendo! Porque logo eu tenho de estar num grupo só de homens!! Me troquem! Quero estar junto de uma linda donzela como Emma-chan, Rai-chan, Alba-chan ou até Hana-sama...

Sua fala acabou sendo cortada quando ele percebeu que o clima havia se tornado bem pesado. De fato, as quatro mulheres que faziam parte do Esquadrão lançavam olhares fulminantes e assassinos para o marinheiro loiro que ficava logo arrepiado, chegava a tremer em suas bases, engolia sua saliva seco e abaixava a cabeça, cedendo. Como se nada fosse, a tenente voltava a indicar mais membros, dessa vez para a equipe 2.

Hana

[Hana] -A Equipe 2 protegerá o calabouço da base, mais precisamente a prisão, e servirá de ultima linha de defesa caso o Bando resolver invadir a base para libertar Grubeld, o Urso. Farão parte: Buzz Senna, Emma Sunflower e Mitsurugi Ryuuchi. Sunflower será a líder desse grupo. -

Dessa vez, o que ecoava pela sala não era o grito de Axel, mas sim uma alta risada que carregava consigo um tom sádico. Era Mitsurugi que já não estava polindo, nem afiando suas espadas, mas sim ria, como que empolgado pelo que poderia vir para a frente.

Mitsurugi

[Mitsurugi] - Slashshshshshsh! Pode deixar que eles venham! Minhas espadas clamam pelo sangue deles! -

Ignorando mais uma vez os delírios dos seus subordinados, a tenente continuou, apresentando o ultimo grupo.

Hana

[Hana] - A Equipe 3 averiguará os rastros encontrados pelo sargento Kane e que levam até a uma cabana no meio da mata. Será liderada por mim e pelo sargento Kane e terá como integrantes Alba Sapphire, Jahzmine Rai, Ganauche Gaebolg e Yukimaro Tachibana. -

Dessa vez, pelo menos aparentemente (salvo se Ganauche ou Yukimaro fizer algo), não houve alguma comoção que interrompesse o clima. Com isso, a tenente voltava a falar, mas seu semblante estava ainda mais fechado e preocupado de que antes. A coisa deveria ser bem séria!


[Hana] - Independente da equipe ou do que poderá acontecer, a nossa missão é a de capturar os membros do Bando da Quimera. Disso não há nenhuma duvida! No entanto, haverá prioridades! Como viram, cada um deles são piratas procurados, com uma recompensa sobre as suas cabeças, o que significa de que são perigosos. De preferência, enfrentem eles em grupos e, caso virem de que não conseguirão os derrotar, não hesitem em bater retirada. É melhor viver mais um dia e se tornar mais fortes para uma futura desforra do que perder um combate e a vida no processo. Além disso, nossos principais alvos serão o capitão do Bando, Draco e seu braço direito e estrategista, Raito o Miúdo-Maravilha. Se capturarmos ao menos um deles, a Quimera ficará debilitada, sem cabeça, o que vai tornar mais fácil capturar cada um de seus membros num futuro bem próximos. -

Kane

[Kane] - Nunca tivemos algum dado sobre quem ele seja ou sua força, mas considerando que já matou um tenente tempos atrás, podemos presumir que sua força chega a ser igual ou até superior á um. É melhor deixar ele comigo e com a tenente Hana. Foquem-se mais no Raito e em quem podem se meter no caminho! -

Kane acrescentava, olhando para cada um dos presentes. Com isso, a tenente fez sinal para todos se levantar. Aparentemente, a reunião havia terminado.

Hana

[Hana] - Estão dispensados! Equipe 1 e 2 vão para seus devidos lugares. Equipe 3, têm dez minutos para se dirigirem aos seus aposentos, trocarem-se com roupas normais, comuns, e comparecer na entrada da base. Vamos tentar ir disfarçados e não alertá-los da nossa presença! -

Aos poucos cada um começou a sair, ficando por ultimo a tenente Hana e o sargento Kane. Quem quisesse, ainda poderia fazer alguma questão para um dos seus superiores. Caso contrario, o relógio continuava ainda a contar.



@SageLion e @HeroMadao
mp
^
SageLion
 Posted: Mar 14 2017, 10:48 PM
citar


SageLion




82 posts

Ficha

SageLion is Offline

Marinheiro




Depois da interrupção abrupta feita por Yukimaru-san, por sinal devo recomendar depois aos superiores para voltar a ter psico-testes para poder entrar na marinha, a superiora Hana e Kane continuaram com as informações e instruções para a missão. Felizmente fui alocado para o grupo que vai diretamente ao confronto, era a hora de compensar pela falta de resultado do último confronto e botar em prova tanto minha nova arma quanto meu treinamento.

"Se capturarmos ao menos um deles, a Quimera ficará debilitada,"

user posted image


- Ou podemos acabar com eles na oportunidade que tivermos. Já sabemos que nem tortura serve para fazer eles abrirem o bico, então...Algo que já poderíamos ter feito com Grubeld, dessa forma liberaríamos uma equipe inteira para se dividir entre as outras duas.

Eu realmente não consigo entender essa preciosidade em se manter a vida de sujeitos sujos como esses piratas. Não é que eu desacredite que as pessoas tem capacidade de se recuperar ou que entraram no crime por se verem sem escolha, mas casos como de Grubeld é claro que não ocorrerá uma recuperação social. Não era mais fácil acabar com ele do que simplesmente jogar em uma cela qualquer na grande prisão submarina e jogar a chave fora?

Após todas as instruções dadas fiz como recomendado e fui ao meu dormitório me arrumar casualmente. Escolher a roupa foi fácil, optei pela mesma roupa social que utilizei quando participei do torneio de pré-seleção da marinha, o problema era como esconder a manopla. Depois de uma rápida busca no almoxarifado da base, decidi por pegar uma mochila esportiva longa, estilo das que tenistas profissionais usam, seu tamanho era perfeito para manopla e por ter uma larga abertura seria fácil de sacar rapidamente.



This post has been edited by SageLion: Mar 14 2017, 10:50 PM
mpWebsite
^
HeroMadao
 Posted: Mar 21 2017, 11:04 PM
citar


HeroMadao




503 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Inativo




Yukimaro ficava em silêncio, contrariado, olhava com profundo ódio, totalmente não condizente com sua atitude, para aquelas pessoas planejando missões.

Ele se senta, e fica segurando a cadeira que ele próprio tinha quebrado. Estava furioso, mas como um cão raivoso em fase de adestramento, se sentava e encarava seus superiores.

Acompanha e deixa-os falar por algum tempo. Embora não parecesse realmente interessado (estava, só não parecia).

Enquanto dizia os grupos e os membros reagiam, o ex-arruaceiro se manteve em silêncio, e seu semblante foi, aos poucos, suavizando, novamente retornando à ideia de um cão de briga: parecia que ele simplesmente tinha esquecido o motivo de sua fúria. Só ficando com cara amarrada novamente quando foi mencionado no terceiro grupo.

Pareceu extremamente interessado na informação sobre matar um tenente. Tinha se esquecido isso e parecia que em sua mente, algo tinha se conectado e estalado:


"E se...não for relativo ao poder...e sim à oportunidade? Raito estava usando limitadores musculares... é provável que estejam abusando de oportunismo e não força bruta...Aquele mink esquisto..ele não era natural..."

Sabendo que o novo integrante, Kane, o encarava, novamente se sentiu desconfortável e irritado: NÃO confiava nele e não procurava nem mesmo por um segundo disfarçar isso. Não deixaria a líder Hana sozinha com ele e em sua mente já estava decidido persegui-lo e analisá-lo de perto. Mesmo que não fosse sua missão. Era muito temperamental e instintivo, mas não agiria sem pensar.

Depois de serem dispensados, Yuki permanece parado e encarando a dupla de superiores. Era difícil de lidar mas não era má pessoa. Aliás, já estava preparado, armado se necessário, e não desviava o olhar de Kane. Era relativamente bom para mentir, mas não gostava de mentir para si mesmo, e seu instinto estava apitando muito forte sobre aquele cara.

Yuki era relativamente velho para um recruta marinheiro, mas tinha a manha das ruas e uma ideia própria de justiça. Se fosse para ajudar os outros (ou apenas uma bela luta), ele provavelmente pularia na frente do seus companheiros sem pensar duas vezes. Agora...ele não tinha certeza de nada!

- Os grupos foram estranhame divididos...não vejo necessidade atualmente de patrulha se nosso ponto é localizar os comparsas. Acho que seria mais interessante para nosso grupo se mantivéssemos pequenos grupos espalhados pela cidade com sinalizadores. Qualquer sinal dos alvos os fragmentos de reuniriam...

Ele falava incrivelmente sério. Parou e esperou todos saírem para continuar.

- Nessa estratégia eu vejo um problema que pode nos pegar como da última vez: uma tocaia bem-feita nos prejudicaria, ainda mais em perseguição e com um grupo inteiro em constante movimento.

- Ao meu ver...

Ele abaixa os olhos, não querendo deixar claro suas intenções ou suas acusações.

- É capaz que tenhamos um infiltrado, e essa missão vai ser um desastre como a última. Eu sou contra seguirmos um padrão óbvio assim. Deveríamos tentar orientar pequenos grupos diferentemente para ter alguma chance melhor.

Yukimaro não se move, deixava claro sua indagação. Não se movia e não pretendia, estava pronto para defender seu ponto e se mantinha sentado. Estaria pronto para partir quando precisasse.
mp
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Mar 29 2017, 08:53 PM
citar


Redenblack D. Ryan




531 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador





Quimera's Band Arc
Numa Selva Obscura!

T
endo terminado o briefing e a exposição do plano e estrategia que seria adotado pelo Esquadrão, enquanto que havia os que acatarram o plano e as ordens e já saiam para se preparar devidamente, ainda havia os que não concordavam de todo e demostravam seus pontos e posições. Esses acabavam sendo Ganauche Gaebolg e Yukimaro Tachibana.

O primeiro era o loiro, que sugeria acabar logo e de uma vez com o problema,começando com o Grubeld, de modo que a outra equipe estaria liberada para participar da operação. A tenente Hana fixou seu olhar diretamente nos olhos do marinheiro. Após disso, suspirou e respondeu.

Hana

[Hana] - Entendo o que quer dizer, soldado Gaebolg, mas não cabe a nós decidir quem vive ou quem morre, fazer justiça com nossas próprias mãos. Como agentes da lei, nosso dever é o de capturá-los para que possam serem julgados por seus crimes pelo Governo. As ordens de captura são claras e se premeditarmos suas mortes sem que essas aconteçam em última e extrema instancia como consequência de um combate, como no caso atual de Grubeld, tal ação seria tomada como insubordinação e teríamos consequências graves. Lembre-se que somos agentes da justiça e não carniceiros!

Mesmo sendo breve, como se não pudesse mais se estender no assunto, sua fala já dava a entender e imaginar muitas coisas. Ao contrário do "dragão", o Red Raven se mostrava totalmente contra ao plano, ainda mais não conseguindo, de jeito nenhum, confiar no sargento Kane, da qual suspeitava pudesse se tratar de um infiltrado. Tanto a tenente como o sargento ouviam aos pontos apresentados pelo arruaceiro e quem acabou por responder acabou sendo, novamente a tenente.

Hana

[Hana] -Soldado Tachibana, como sabe todos os piratas que trabalhavam para o Bando foram capturados, sendo que seus números diminuíram drasticamente. Levando em consideração o fato que, em alguns casos as tripulações piratas são bem unidas em relação aos seus membros ou a informação de que o Grubeld é o membro mais forte fisicamente das Quimeras, é natural imaginar que eles tentarão, de alguma forma, resgatá-lo. E, se decidirem abandoná-lo ou descartá-lo, tentarão roubar um navio para escapar. Daí a necessidade de manter esses dois lugares devidamente vigiados apenas por precaução. Com poucos membros, será bem difícil atacar algum ponto da cidade para servir de distração tal como fizeram nas vezes passadas, mas sim podem tentar atacar com força total. Por isso que precisamos pegá-los primeiro, antes disso. Mesmo assim, alguns outros esquadrões se prontificaram em nos auxiliar, patrulhando pela cidade. Mas devemos nos focar em localizá-los antes que possam agir ou até mesmo pedir algum reforço. -

Em seguida, o sargento Kane também tomou a palavra, cruzando os braços e se mostrando pensativo, ruminando no que o ex-gangster estava insinuando. Era difícil perceber se ele tinha notado e simplesmente ignorado os olhares desconfiados e cheios de ódio do Yukimaro ou então estava alheio a isso.

Kane

[Kane] - Em parte concordo, Yukimaro-kun! De fato já aconteceu de termos caído numa armadilha em L'Arcan, na época em que você apareceu. No entanto, não podemos excluir tal pista. Também acho plausível a possibilidade de termos um infiltrado entre nós, mas até termos uma prova concreta sobre isso, não acho uma boa ideia levar isso aos outros e começarmos a duvidar e desconfiar um dos outros. Assim, apenas jogaríamos o jogo deles. Temos de nos manter unidos contra a ameaça, mas ao mesmo tempo estarmos atentos.

Tendo terminado de falar, os dois superiores dispensavam Yukimaro e saíam da sala. Afinal, o tempo passava e teriam de se aprontar para se encontrarem na entrada da base.

Assim que os dez minutos se passaram, na entrada da base já estavam os membros da equipe 3, devidamente trajados. Jahzmine Rai vestia as mesmas roupas que usara no dia do torneio da marinha, seguindo a mesma ideia do Ganauche. Ela vestia uma roupa oriental branca que deixava a mostra boa parte de suas curvas e atributos, como um top revelador que possui um capuz, uma saia branca, uma capa branca, um par de botas castanhos e, como ornamentos, tinha um par de brincos vermelhos em forma de gotas e um apito incomum no pescoço. Alba Sapphire, diferente de seu habitual e seduzente uniforme de enfermeira, usava um longo casaco negro que cobria quase que completamente o corpo e os braços, das quais pouco se notavam as manoplas com garras que s cobriam. O sargento kane usava um traje similar ao seu uniforme personalizado, com a diferença sendo que a camisa por cima e de mangas curtas era negra e com o logo de uma marca de roupas no lugar do simbolo da Marinha, a camisa de mangas longas debaixo da primeira era branca e o lenço no pescoço era laranja (NdH: praticamente o mesmo traje do Androide 17 original); além disso, usava um longo casaco castanho por cima.

A maior diferença estava na tenente Hana, que, além de estar maquiada e aparentar mais jovem, usava uma roupa bem provocante constituído por um corpete vermelho com detalhes pretos e corações desenhados nele, uma saia curta escura com um cinto amarelo, da qual se encontra preso uma faca em cada lado; um par de meias longas roxas que chegam até acima dos joelhos; um par de botas rosas e luvas que chegam até aos antebraços mas que não cobrem os dedos. Ela, ainda, tinha os cabelos amarrados em dois rabos de cavalos nos lados.e vestia um manto negro e capuz por cima de suas roupas.

Ainda havia a opção para, quem quisesse, puder pegar um longo manto castanho com capuz para se cobrir da chuva. De todo modo, uma vez devidamente preparados, o grupo já começava a se movimentar, com o sargento Kane logo na frente, conduzindo o grupo pela cidade.

Hana

[Hana] - Vamos manter uma formação "em cruz". O sargento Kane vai ficar na frente e eu vou ficar no meio. Agora deixo para vocês a decisão sobre quem vai assumir o lado direito, esquerdo e a retaguarda. O importante é que prestem muita atenção para o lado que deverão proteger e avisem de imediato caso notarem algo suspeito, antes de agir.

Dessa forma, o grupo passou pela cidade, pelo mesmo caminho tomado na missão anterior, até adentrar numa mata, exatamente a mesma. No entanto, dessa vez, ao invés de seguir para frente, em direção da colina onde estava situado o dojo Kumamura, o grupo virou para a direita, para onde a floresta começava a ficar mais densa, ao ponto de até mesmo tapar o céu, o que não só deixava que pouca luz filtrasse, mas também reduzia as gotas de chuva que caiam. Como procederiam os nossos dois protagonistas?



@SageLion e @HeroMadao
mp
^
SageLion
 Posted: Mar 30 2017, 01:10 AM
citar


SageLion




82 posts

Ficha

SageLion is Offline

Marinheiro




Carniceiros?! Por favor, não é como se estivéssemos falando de um suspeito ou um marginal qualquer, estamos falando de um assassino preso em atuação. Entendo que devemos seguir as normas judiciais, mas nada como uma "tentativa de fuga" que acabasse ocasionando a morte do pirata, fosse o bastante para explicar o óbito..Mas eu entendo e respeito o posicionamento da oficial Hana, na realidade boa parte da minha vida eu segui com pensamentos parecidos aos dela, mas hoje em dia é diferente. Pela minha posição apenas posso respeitar ordens superiores, mas quando estiver em posição de maior comando, tipos como Grubeld rezarão para não cruzar o caminho do meu esquadrão.

Ver a oficial Hana em vestes civis foi deveras impactante. A verdade é que acostumamos tanto em ver não uma pessoa, mas o manto ou um título que não prestamos muita atenção. Não sei se essa é a forma dela casual de se vestir ou foi escolhida de fato para a missão, mas sem dúvidas era chamativa, de uma forma bem positiva. De fato até mesmo me lembrou da sua irmã mais nova, a cabeça quente da Mei Lung.

- Eu cuido da esquerda, é a melhor posição que me permite vestir minha manopla em caso de ataque sem abrir brechas..
mpWebsite
^
HeroMadao
 Posted: Apr 12 2017, 09:44 AM
citar


HeroMadao




503 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Inativo




Yukimaro ficou afetado pelas palavras de seus superiores não ouvirem suas palavras. Parecia estar sendo ignorado, o que o deixava um tanto quanto aborrecido. Sim, aborrecido: parecia calmo naquele momento, e nada mais fala enquanto se retira. Pensava fortemente em como seguir ordens que não concordava, mas se manteve pensativo, ao invés de explodir.

Se recolhia á comer e preparar suas armas. Sabia bem que, no mínimo, teria de estar preparado para possíveis confrontos com pessoas extremamente fortes. E que aquele mink esquisito poderia aparecer à qualquer instante.

Quando a missão entrou em execução, se sentiu ligeiramente acuado: parecia não se encontrar em uma situação favorável, e a estratégia militar aplicada lhe trazia um pouco de calma no turbilhão de pensamentos.

"Pelo menos assim...eu fico de olho..."


- Eu fico na retaguarda, com olhos de águia e focado em algumas coisas...

O arruaceiro se posicionava devidamente armado no fim do batalhão, com armas em mãos e os olhos fitados no objetivo. Uma curiosidade: ele acatava mais facilmente seus superiores por serem mulheres bonitas: ele não sabe lidar com elas e não queria retrucar ou parecer grosseiro. Por conta disto mesmo ele se focava no novo marinheiro que tanto ele desconfiava: era mais fácil para ele nutrir desconfiança e raiva do que lidar com as suas superiores.

Como alguns podem dizer...um verdadeiro "bicho".

Seguia sempre tentando observar tudo ao seu redor. Dava prioridade em encarar o novo marinheiro, ainda desconfiando que ele pudesse fazer alguma besteira.

mp
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Apr 15 2017, 09:33 PM
citar


Redenblack D. Ryan




531 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador





Quimera's Band Arc
Os Dois Alvos!

A
fomração acabou sendo definida com o sargento Kane liderando na frente, a tenente Hana no centro, Ganauche no lado esquerdo, Alba Sapphire no lado direito, Jahzmine Rai atrás da tenente e Yukimaro cuidando da ultima linha da retaguarda. O grupo atravessava a densa floresta, seguindo Kane, que mantinha extrema atenção ao seu redor. Mesmo, supostamente, conhecendo o caminho, ele tocava as árvores pelas quais passava, se agachava e ficava atento em cada planta e marca no solo. Por sorte, mesmo chovendo, a densidade da floresta permitia que pouca água filtrasse, o que não chegaria a impossibilitar o trabalho de um rastreador.

O silêncio era o que praticamente reinava soberano. Cada um se atentava, cuidadosamente do lado a qual protegia, com excepção do Red Raven, que além de observar o seu redor, sempre mantinha um olhar desconfiado em cada ação e movimento do sargento.

Após caminhar por um certo tempo pela trilha, provavelmente uns trinta minutos, Kane parou de repente e fez sinal para os outros fizerem o mesmo. Se agachou até ao solo e os demais puderam vir algo que se assemelhava a metade da pegada do calçado de uma pessoa, aparentemente de uma mulher. O sargento tocou a pegada e virou-se para o grupo, sussurrando, estranhamente sorrindo, como se estivesse excitado.

Kane

[Kane] - É fresca! Seja quem for, não faz muito tempo que passou por aqui e tentou apagar as suas pegadas. Fiquem bem atentos!

Prosseguindo por mais uns quinze minutos, já era possível enxergar uma cabana velha, decrepita, feita de madeira e cercada por árvores. Novamente o sargento mandou o grupo parar e se abaixar, para além que apontava com o dedo para o que estava a uns três passos a frente deles: três fileiras de varias porções de terra acumuladas, como se algo estivesse enterrado la. Não precisava ser um gênio para imaginar o que poderia estar lá: de certo era uma armadilha!

Kane

[Kane] - Chegamos! Aquele é o esconderijo deles. Já tem uma semana que se escondem lá! Eu vou na frente e verei se está tudo limpo! Preparem-se para me dar cobertura caso algo dê mal E também seria melhor algum Especialista de Armadilhas desarmar aquela armadilha para não vos dificultar a passagem.

Mantinha seu semblante sério e frio, no entanto naquele momento encarava o Tachibana bem nos olhos, como se a ultima frase fosse dirigida para ele em especifico. Após disso, se levantou e foi na frente, cuidadosamente colocando os pés entre as partes baixas das varias porções de terra, evitando ativar nenhuma das armadilhas.

Hana

[Hana] - Espera sargento, não pod...

Ignorando a sua superiora, já tinha superado as filas de armadilhas e, sacando a sua pistola, se aproximava lentamente da cabana, completamente focado em seu redor e a um possível ataque. Uma vez que chegara lá, escorou-se, de costas, á parede, controlou tanto o lado esquerdo como o direito e aproximou-se da porta, colocando sua mão esquerda á maçaneta, enquanto segurava bem firme a arma na sua mão direita e a abriu lentamente. No entanto, algo parecia ter dado errado!

Os olhos do sargento se arregalaram ao ver algo através da porta entreaberta e, tão logo que ele pulou para o lado, era tarde demais! A cabana acabava explodindo em mil pedaços e ele acabava sendo pego pela explosão e lançado quase que em direção do pequeno contingente do Esquadrão 105. Para Yukimaro Tachibana, aquilo era como se tivesse tido um deja vú, já tinha presenciado uma cena bastante similar antes. As queimaduras do sargento não eram muito graves, no entanto um grande pedaço de madeira trespassara a perna do oficial, que estava desacordado. Precisava ser tratado!

Como se não bastasse, duas familiares figuras faziam sua aparição na cena, bem próximo de onde antes estava a acabana e agora o fogo e fumaça tomava o seu lugar. Os membros do Esquadrão 105 já os conheciam através dos cartazes mas, de modo particular, o próprio Red Raven já os conhecera ao vivo de primeira mão: eram Draco e Raito em carne e osso!

Draco

[Draco] - Parece que, mais uma vez, sua armadilha se provou útil, Raito! Mas confesso que estava a espera de um marinheiro, não de uma pessoa comum!

Falava o capitão do Bando da Quimera, com uma expressão e olhar extremamente inexpressivo, inemotivo e gélido, talvez seus olhos fossem tão ou até mais frios do que os do sargento Kane, o que fez Yukimaro lembrar o porquê do olhar do Kane lhe parecer tão familiar, já que sua intensidade era quase equivalente. Sua cauda metálica, erguida atrás de sua cabeça, balançava de leve enquanto falava.

Raito

[Raito] -Eu não estaria tão certo disso, meu capitão! Primeiro de tudo, ele conseguiu passar pelas armadilhas que coloquei ao redor sem nem sequer ativá-las, além de ter percebido que havia explosivos atrás da porta. Sem contar que a arma que ele carrega não é uma que um civil possa arranjar facilmente. Meu palpite é que ou é um marinheiro, ou um caçador de recompensas atrás das nossas cabeças. Se for um marinheiro, com certeza não estará sozinho... -

Raito segurava um livro com a mão direita e o lia enquanto que fazia suas suposições, com um sorriso malicioso e postura arrogante, da mesma foma que o arruaceiro se lembrava. Como era esperado de quem era considerado o "Miúdo Maravilha", em pouco tempo chegava já a se aproximar da verdade.

Draco

[Draco] - Então vamos pegá-lo para interrogá-lo ou torturá-lo para sabermos a localização do Grubeld e como sair daqui. Jack ainda tem um daqueles soros, não é?

Pensava o capitão enquanto ele e o Raito caminhava em direção do Kane. Kane agora estava em perigo! Além de estar ferido e perder sangue, estava prestes a ser capturado pelo inimigo. O que pensariam ou fariam a nossa dupla? Jahzmine observava a tudo sem expressar qualquer emoção, como já era habitual; Sapphire apertava firme os seus punhos, mas mantinha sua compostura, enquanto que a tenente Hana mordia o seu lábio inferior e parecia estar prestes a sair ao ataque a qualquer momento.



@SageLion e @HeroMadao
mp
^
SageLion
 Posted: Apr 16 2017, 12:26 AM
citar


SageLion




82 posts

Ficha

SageLion is Offline

Marinheiro




Os desgraçados nos pegaram de jeito. Se não fosse o ótimo reflexo do sargento Kane, ele estaria tostado agora, não que estivesse em uma boa situação de qualquer forma. Além de terem plantado essa armadilha, entre os piratas presentes estava o mais perigoso de todos, o líder mutante do grupo, o que deixava a situação apenas pior.

user posted image


(Sussurro) - Tenente, qual sua ordem?!

A pergunta era feita, mas a intenção era clara, antes mesmo de iniciar a questão já estava vestindo minha manopla e só esperando a liberação para partir em ajuda ao sargento. Não só tinha a vida do marinheiro em risco naquela situação, como poderíamos por um fim definitivo no bando da quimera naquele momento, a cabeça da organização estava ali na nossa frente. Contudo, mesmo com coragem e vontade de ir ao confronto, ainda conseguia sentir um formigamento nas pernas e uma leve tremedeira nas mãos. Meu corpo gritava me informando que aquilo não era um inimigo qualquer, mesmo tendo um corpo diminuto, era como se eu estivesse encarando um Rei dos Mares, sera que nós seriamos o bastante para derrotar essa criatura?
mpWebsite
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Apr 28 2017, 06:00 PM
citar


Redenblack D. Ryan




531 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador





Quimera's Band Arc
Caça ás Quimeras!

A
situação não era das melhores! Com um homem ferido e os dois membros mais perigosos do Bando da Quimera diante deles, sem nem mencionar as armadilhas espalhadas no local e bem na frente do pequeno contingente do Esquadrão 105, o que fazer naquela situação?

Bem no fundo, Ganauche sentia um certo desconforto, como se todos os seus sentidos e fibras do seu corpo o alertasse do perigo iminente, mal conseguindo ficar relaxado ou calmo. Mesmo assim, não chegava a ser medo, afinal sua coragem se mantinha inabalável e sua determinação em erradicar o mal, sob a forma de piratas, apenas servia de combustível para essa coragem. Dos demais, apenas Yukimaro sabia o que os dois realmente eram capazes, ou ao menos confirmar a perigosidade desses. Seu sangue pulsava diante da visão de Raito, relembrando da humilhação que sofrera em l'Arcan: Mesmo assim, não conseguiu ficar parado e já saía do esconderijo, passando pelo "campo minado" sem qualquer problema, através de seu conhecimento sobre armadilhas, e já xingava e provocava as duas Quimeras. Ao vê-lo, um sorriso de satisfação apareceu na face do Raito que levava uma de suas mãos ao queixo e olhava intrigado para o arruaceiro enquanto falava.

Raito

[Raito] - Yukimaro-kun, mas que agradável aparição! Já contava com a sua chrgada. Então, já cansou de brincar de marinheiro e decidiu se tornar nosso? -

Perante o questionamento anterior do carpinteiro, a tenente Hana mordeu ainda mais forte o seu lábio inferior, fazendo com que um leve filete de sangue escorresse por esse mas fechou os olhos e já aparentava recuperar a calma. Fazia sinal para seus subordinados a seguirem e, em questão de instantes, desapareceu de junto deles, aparecendo ao lado de Yukimaro, frente-a-frente com o capitão das Quimera. De braços cruzados, segurando duas adagas pelo cabo mas com as laminas apontando para baixo, a tenente parecia estar pronta para o ataque.

Hana

[Hana] - Esquadrão 105 de Caça ás Quimeras preparando-se para a captura! É melhor se entregarem pacificamente, caso contrário...

A resposta do Draco veio sobre forma de ataque com sua cauda/ferrão mas que acabou sendo bloqueado, prontamente, pela tenente usando as suas adagas, cruzando as laminas. Draco passou a olhá-la com um olhar sedento de sangue, mas mostrando um sorriso cheio de animação e excitação.

Draco

[Draco] - Vamos ver se consegue me entreter um pouco! Me pergunto se serão mesmo capazes de nos prender, senhorita.

Tanto ele como a tenente desapareceram de repente e tudo o que se podiam ver eram apenas alguns borrões ao redor, assim como o sentir e ouvir o choque de seus golpes no ar, se afastando um pouco de onde os subordinados se encontravam, mas ficando em constante movimento enquanto que trocavam de golpes. Era bem difícil conseguir determinar ou ver que estava levando a melhor ou não. Naquele momento, tudo o que se deveria fazer era confiar na tenente e se preocupar do segundo alvo da missão.

Ou, pelo menos, assim se pensava! Quase como se dançando, de olhos fechados, Jahzmine Rai driblava as "minas" mas, de repente, uma flecha era disparada na direção da bela mulher de longos cabelos negros que, prontamente, pegava em seu arco, mirava e atirava uma sua, fazendo com que neutralizasse o tiro com ambas as flechas se colidindo uma contra a outra.


De onde a flecha fora disparada, uma figura desceu de uma das altas arvores, quase como se planasse, aterrizando, graciosamente, ao lado direito do Raito, a cerca de um metro de distância. Tratava-se de uma jovem garota, uma adolescente de pele clara, cabelos azuis escuros que mantém enrolados nos lados (da mesma forma que os Skypeans), olhos de um azul bem profundo e que vestia um curto vestido sem alça, cor aquamarine, um par de jarreteiras nos braços e mais uma na perna esquerda, um par de luvas, um colarinho no pescoço com uma pingente, assim como um par de botas, tudo da mesma cor que o vestido, mas que, os mais espertos, perceberiam as botas serem do mesmo tamanho e formato das pegadas encontradas antes pelo Kane. Um traço particular naquela garota era a presença de um par de asas negras tipicas de um Shandia, com muitas penas, visíveis mesmo com a alijava cheia de flechas que a garota carregava nas costas. Se tratava de Corvus Iris, uma das Quimeras.

Iris

[Iris] - Yoppoi! A Quimera-Anjo, Corvus Iris chegou! A senhora tá querendo me desafiar com um arco? Infelizmente, não há ninguém melhor do que eu no que toca nisso! Talvez, chegou a hora de se aposentar, não acha? http://files.b1.jcink.com/html/emoticons/wink.gif

Corvus falava de uma forma animada e seu jeito de menina dava a impressão de que era inocente, doce e ingenua, o que tornava realmente difícil acreditar que ela fosse capaz de fazer o que constava nos seus arquivos, durante o briefing da missão. Mesmo assim, a garota-do-céu desdobrava e abria o que aparentava ser um arco bem resistente, com uma pedra preciosa em formato de coração no seu centro. Pegara também uma flecha, uma que possuía, no lugar da ponta, uma estranha concha e já mirava para Jahzmine. Uma ou duas veias saltitavam na testa da marinheira mas que não abria da seriedade e inexpressividade de seu rosto, também se preparando para o combate, já empunhando seu arco que, já não era o de madeira que Ganauche vira usar durante a saga do torneio da Marinha, mas sim um prateado, feito da mesma liga metálica de sua manopla e da arma do Yukimaro mas, ainda assim sendo bem leve. Possuía o simbolo de um falcão ou águia nele.

Jahzmine

[Jahzmine] - Meça suas palavras quando estiver falando comigo garotinha! -

Enquanto isso, Alba Sapphire sabia que tinha de cuidar do sargento Kane e cumprir seus deveres como enfermeira. Tomando uma certa distância previa de onde as armadilhas estavam instaladas, a mulher de cabelos azuis começou a correr e no final, aplicando grande forças nas pernas, executou um salto em comprimento, digno de alguma medalha se tivesse participado num jogo olímpico e conseguindo superar a dificuldade, saindo ilesa. Entretanto, uma nova figura caiu de uma das arvores, bem próximo do corpo do sargento Kane e lhe desferiu um golpe na perna esquerda, saltando para atrás logo em seguida.


Se tratava de uma mulher de longos cabelos verdes que trajava uma armadura violeta dotada de grandes ombreiras, uma proteção para as mãos e antebraços, uma especie de tiara, assim como joelheiras, encima de uma roupa colada ao corpo, castanha no busto, na qual há um pano amarelo usado como cinto, e verde nas pernas, ainda usando um grande par de meias rosas até aos calçados amarelos. Sua face era ocultada por uma mascara. Suas unhas eram grandes, parecendo-se mais com garras, e bem afiadas, além de, na mão direita, algumas delas estarem sujas de sangue, dando a perceber que as utilizara para atacar Kane. Ela era Viper Nefertite, a "Medusa". Alba Sapphire se aproximou do Kane e logo deu uma olhada na região atacada pela Quimera. Em seguida, controlou sua pulsação e seus olhos, por uns instantes, se arregalaram.

Nefertite

[Nefertite] - Não entendo porquê está tentando salvar aquele verme! Você também é uma mulher. Com certeza, deve entender da inutilidade e fraqueza dos homens. O veneno que lhe injetei é uma criação minha, ele age e se propaga de forma lenta, mas proporciona uma aguda dor na vitima enquanto se alastra que com certeza lhe fará se arrepender de estar vivo e procurará a morte, que lhe será dada daqui a duas horas. Apenas eu sou capaz de fazer seu antidoto. É melhor nos seguir, com aquele seu corpo *slurp* vai nos ser bem útil!

Mesmo não podendo ver sua face, sua voz transparecia a imagem de uma mulher durona, machona e bastante sádica. Mas em termos de ser uma mulher durona, como os outros integrantes do Esquadrão 105, Alba Sapphire também não ficava para atrás! Ela arregaçara as mangas, exibindo um par de manoplas negras com garras, feita da mesma liga metálica das armas de Ganauche, Yukimaro e Jahzmine, com a diferença de que o simbolo que possuía era a de um demônio. Além disso, retirava do bolso de seu casaco uma mascara vermelha de demônio que colocara em seu rosto. Seus olhos brilhavam intensamente.

Sapphire

[Sapphire] - Hmph! Aquele veneno de quinta categoria? Não vai ser um problema pra mim neutralizá-lo após varrer o chão com você! Você não gosta dos homens né? Não sabe o que perde! A unica utilidade deles para mim é na cama, isso sim! Vamos a isso! Espero que vai tornar as coisas divertidas agora que o demônio está a solta!

A sede de sangue que vinha de ambas as guerreiras mascaradas era incrível, ainda mais quando partiram para cima uma da outra, trocando golpes, socos e tentando arranhar uma a outra com as suas garras.

Todos pareciam travarem algum combate, a excepção do Ganauche. A tenente Hana enfrentava o Draco e era bem difícil acompanhar o combate, que decorria ora num lugar, ora num outro. Jahzmine e Corvus atiravam uma flecha uma contra a outra, desviando no processo, no entanto, as flechas da garota-do-céu eram especiais, algumas explodindo quando a concha em sua ponta atingisse o solo, outras gerando uma fumaça para dificultar a visão de sua adversária. Sapphire e Viper, numa verdadeira porradaria, trocavam-se socos e chutes, alguns bloqueando-os, outros, evitando-os. Era possível ver que, de tempos em tempos, a "Medusa" tentava acertar a oponente com suas garras, provavelmente tentando envenená-la, assim como os ficheiros apontavam. Já, Yukimaro e Raito estavam estáticos, encarando-se fixa e mutuamente, provavelmente se analisando antes de entrar pro combate.

E Ganauche o que faria? Como ele conseguiria passar pelas armadilhas? A quem daria apoio?



Off: Como o Heromadao decidiu sair, vou continuar a aventura sem ele por enquanto, passando a ser um NPC.

Por favor @SageLion
Antes de clicar em "Add Reply"
Role um dado 1d10
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (3) 1 2 3 
responder
novo tópico
fazer enquete