Gray Island Bulba RPG :: Topsites Zonkos - [Zks] ::
versão do sistema: 8.1

Pages: (2) 1 2  ( Go to first unread post )
responder
novo tópico
fazer enquete

 Em busca dos Revolucionários
Kcyan
 Posted: Jul 18 2017, 08:12 PM
citar


Kcyan




146 posts

Ficha

Kcyan is Offline

Narrador




Narração

Aquela atitude insólita de James surpreendia Askins, que não esperava a metamorfose que o homem sofrera em sua condição de uma hora para a outra. Podia-se ver que ele continuava com um semblante um tanto constrangido, como se soubesse o que viria a seguir.

Como não podia ser diferente, havia aquele quê dúbio em Askins, como poderia confiar em um homem assim? Depois do que havia feito por ele, essa reviravolta era como ser tapeado no rosto - bem mais vergonhoso do que socado. James soltava um suspiro, escutando as indagações do homem que havia-lhe sido altruísta — Bem, primeiro, eu só revelei esta farsa devido a saber que você é um bom homem, como foi comigo. Não acharia justo deixar que as coisas ficassem por isso - dava uma breve pausa, mordendo os lábios — E... meu nome é Joss, Joss Whidon, o verdadeiro, para deixar claro - gesticulava com a mão, esperando alguma reação.

Askins ainda continuava a apertar-lhe a mão, um ato perceptível para Joss, que até o fazia-o rir um pouco — Ousadia e astúcia é o que não lhe faltam, companheiro - dava uma leve risada. Ele relutava um pouco em dizer, mas para o bem daquela relação - a qual o homem tinha interesse em manter - era inevitável — Estava investigando algo, levantaria suspeitas e logo seria notado, caso fizesse de outra forma, informações, esse tipo de coisa... - tentava dar uma aliviada na mão, agora que tinha dito a verdade. Pelo menos, parte dela.

Todavia, Askins não recuava e nem cedia sequer um pouco, continuando sua frente inabalável de perguntas. Diante de tal determinação, Joss pouco podia fazer - por métodos que não ferissem a amizade entre os dois — Bem, peço desculpas por aquilo, caso tenha sentido-se ofendido. Você apareceu do nada e acabou tudo se encaixando. Você até me surpreendeu, sendo bem honesto. A minha causa é por um bem maior, é o que posso te dizer, meu bom amigo - mais uma vez, oferecia-lhe um sorriso amistoso.

Se aquela relação iria para frente ou não, dependia do destemido Askins.

Spoiler
@Askins Yo! Cá está!
mp
^
Askins
 Posted: Jul 19 2017, 06:44 PM
citar


Askins




82 posts

Ficha

Askins is Offline

Inativo




As palavras de James... Não, Joss começaram a flutuar na mente do rapaz. Então ele fora parte de uma armação, de fato. Aquele homem estava buscando alguma informação e achou por bem utilizar de Askins para isso. Aquilo definitivamente deixava o garoto incomodado. Mas, de forma inconsciente, o rapaz aliviou um pouco o aperto na mão de Joss quando este tentou move-la de forma a aliviar a pressão. A cabeça de Askins estava ocupada demais para não ceder, tentando juntar todas as peças do quebra cabeças.

"Estará ele de fato falando a verdade agora...? O que eu deveria esperar de alguém com tamanha capacidade de ocultação? Ele provavelmente quer me usar mais, por isso está tentando agir desta forma conciliadora... Ou talvez queira me desestabilizar com dúvidas, para poder me controlar mais facilmente depois... Raios! O que eu estou pensando? Por que ele iria querer me manipular, de qualquer forma? Qual o sentido disso?

As dúvidas não paravam de rodar. Mas uma das coisas que Whidon disse ribombou com mais força na cabeça do jovem. "Foi por um bem maior". Bem maior. Não era aquilo que ele próprio estava indo em busca? De qualquer forma, não havia tido nenhuma pista a respeito dos revolucionários até então. Seria o tal Joss Whidon um infiltrado? Afinal, ele buscava por alguma informação. Será que eram relatórios que devia ao comando do exército? Askins aliviou de vez o cumprimento, suavizando sua expressão. O aperto de mãos só seguiria, se o "ex-bêbado" assim o quisesse. Embora ainda impassível e apático como costumava parecer, o olhar não era mais aquele duro e acusatório. Com um suspiro, respondeu ao homem que o havia enganado.

- Então imagino que é um prazer conhecê-lo, Joss Whidon. Como já lhe disse, sou Askins. Apenas Askins. - Oferecia ao companheiro de conversa um de seus raros e muito leves sorrisos - Mas me diga... Qual o "Bem maior" pelo qual estás agindo? Pode ser que tenhamos mais em comum do que aparenta... Eu mesmo pretendo guiar minha vida em favor de um "Bem maior".

Não como se Askins confiasse naquele homem. Não ainda. Mas era a melhor chance que tinha em dias de se movimentar em alguma direção mais concreta, mesmo que não necessariamente a correta, em busca do seu objetivo. Alguma coisa aquele tal Joss o ajudaria a descobrir; com sorte, talvez até se provasse um amigo de fato, coisa que o garoto não sabia o que era há algum bom tempo. Era um risco que vali a pena correr.

Caso Whidon respondesse a sua interpelação de forma conciliadora, mesmo que não revelando por completo o bem maior ao qual servia, o rapaz ainda concluiria:

- Bom, então me deixe somar forças com você, ao menos por enquanto. Acho que podemos auxiliar um ao outro, nossos propósitos são parecidos.

========


QUOTE
Legenda:
- Diálogos falados por Askins.
"Pensamentos pessoais (em primeira pessoa) de Askins"


QUOTE
Vantagens e Peculiaridades

✦ PECULIARIDADES:
* Sincronismo Natural
*Aceleração
*Esquiva Sobrenatural
✦ APRIMORAMENTOS:
*Força Bruta
* Investigador
* Lábia
* Le Parkour
* Linguagem Corporal - Combate

Spoiler
@Kcyan
Bom, agora as coisas estão finalmente ficando interessantes. Não posso fazer Askins confiar de cara no Joss assim, seria muito metagame. Ele está com todos os pés atrás possíveis, mas quer tentar aproveitar a oportunidade. Infelizmente, ele não tem uma personalidade como a do Luffy. Espero que tenha ficado razoável a teu ver as complicações na cabeça dele.

--------------------
mp
^
Kcyan
 Posted: Jul 20 2017, 09:50 PM
citar


Kcyan




146 posts

Ficha

Kcyan is Offline

Narrador




Narração

A dúvida persistia na cabeça de Askins, quanto mais Joss falava, maiss intrigante o que estava obscuro ficava. Mesmo após toda aquela situação, havia despertado o interesse do justiceiro. Seria ele a pesoa que estava procurando?

As dúvias corriam pertinentes em sua cabeça, eram demasiadas as perguntas que gostaria de fazer, só assim poderia saciar aquela curiosidade que lhe alfinetava com diversas pontadas. Desta vez, estava determinado a encontrar os tais revolucionários. Com a revelação de Joss, a chama queimava ainda mais forte.

É claro, Joss estava disposto a responder ou outra pergunta, devia essa para o seu companheiro - ma não todas. Para um bom entendedor, bastavam algumas palavras, como já dizia o ditado. Mas não era isso, o problema era tornar a informação pública, quanto menos gente soubesse sobre ele, melhor; quanto mais soubessem sobre a sua figura, pior.

Todavia, havia algo no homem a sua frente que o tentava a dizer com cada palavra aquilo pelo que lutava. No entanto, este não era o momento certo. Não ainda. — Siga comigo, por favor, vamos dar uma volta - Joss propôs. Era uma boa forma de não chamar atenção, uma conversa em uma caminhada costumeira.

Whidon tomava o passo a frente, esperando que Askins o seguisse, apesar de não olhar para trás e conferir se ele realmente estava em seu encalço. Caminhou em silêncio por algum tempo naquela rua, finalmente falando algo — Existem tanta concepções de bem maior quanto existem estrelas no céu - falou brevemente — No entanto, algumas brilham mais que outras, então me diga, qual a sua estrela? - falava de forma abstrata. Talvez fosse mais cômodo, assim não precisava segurar a fala toda vez que alguém passava ao seu lado[/color].

Mesmo que Askins tivesse o desejo - e mesmo com aquela demonstração do que acreditava ser a justiça e com a empatia de Joss - ainda não era o suficiente para tirar-lhe da gargante o que queria escutar. Era preciso mostrar a chama que lhe movia o coração.

Spoiler
@Askins Opa, vou viajar este fim de semana, volto na segunda!


This post has been edited by Kcyan: Jul 20 2017, 09:51 PM
mp
^
Askins
 Posted: Jul 24 2017, 10:26 PM
citar


Askins




82 posts

Ficha

Askins is Offline

Inativo




Aquele tal Joss tentava ficar cada vez mais amigável para com Askins. Mas havia algo na reação dele para com a pergunta do rapaz que deixou o aspirante a revolucionário com a pulga atrás da orelha. Tanta reserva assim, qual poderia ser o motivo?

Mas, movido pela curiosidade e pelo sentimento de que havia algo a mais por trás daquela situação toda no bar, ele decide atender ao pedido do homem misterioso segui-lo na direção solicitada. Caminharam por alguns curtos minutos, apenas o suficiente para que o número de pessoas espalhadas pela rua diminuísse um pouco e, tão logo isto ocorreu, Joss tornou a falar.

Askins percebeu imediatamente a o que ele se referia, ao usar a metáfora sobre as estrelas do céu. E aquilo lhe confirmou as suspeitas de que de fato havia algo bem maior rolando por de trás dos panos naquela situação. Mesmo com poucas pessoas em torno, Widhon tomava o cuidado de chamar o mínimo de atenção possível.

- Muitas são elas, de fato. E tenho para mim que seria demais para um simples homem eleger uma como a mais brilhante - seguiu ele, entrando no jogo de palavras - no entanto, assim como existem aquelas que tentam roubar a atenção para si sozinhas, como a belíssima Dalva, estrela das manhãs, há aquelas que chamam atenção por sua organização nos planos do firmamento, como Órion, o grande caçador - o rapaz gesticulava com as mãos enquanto falava, esperando que Joss conseguisse acompanhar seu raciocínio. - Talvez não seria assim tão ousado para nós, eleger então uma constelação, invés de uma única estrela, como aquela que melhor nos acalenta. Mas como em todo o grupo, também nas estrelas há traição. Veja, por exemplo, o grande escorpião. É uma constelação bela e austera. Um animal que representa enorme poder, pompa e confiança. Mas sua cauda é um ferrão. Uma criatura que mesmo sendo feita de estrelas, deixa clara sua natureza traiçoeira....- Neste ponto, Askins introduzia uma certa pausa dramática, encarando seu interlocutor diretamente nos olhos, com a esperança de que ele estivesse entendendo sua analogia entre a constelação de escorpião e o governo mundial. Após esta breve pausa, ele prossegue - Não é atoa que, nos infindáveis campos do firmamento, Órion, o grande caçador, é visto perseguindo a poderosa besta. E aqui tens a minha resposta. Posso não ter uma estrela mais brilhante no céu, mas tenho na constelação delas, uma favorita. Sozinhos somos nada, unidos, talvez possamos fazer a diferença.

Assim terminava sua fala, esperando que aquele breve discurso que para qualquer transeunte que escutasse acreditaria que o rapaz era digno de internação psiquiátrica, fazer Widhon entender. Entender que, um idealista sozinho, uma estrela, mesmo que fosse forte e brilhante como a Estrela Dalva, não poderia ser tão bem sucedido quanto um grupo organizado. E o mesmo valia no céu. Por mais brilhante que ela fosse, a estrela da manhã jamais chamaria mais atenção dos amantes do céu noturno, do que as belas constelações do baile celeste.

Constelações. Está foi a metáfora que Askins encontrara para denotar organizações de pessoas. E apoiado nisso, trazia o governo mundial em sua face de poder, organização e imponência, como a fantástica constelação de escorpião. Mas também, como o animal mesmo o era, dotado de um ferrão e natureza traiçoeira. Um símbolo de maldade. Por outro lado, assim como no firmamento a constelação de escorpião era caçada por Órion, aqui em baixo na terra, uma outra organização fazia frente ao governo mundial. O perseguindo em seus atos de atrocidade contra os menos capazes e sempre tornando sua vida mais difícil em prol do bem: O Exército revolucionário.

Desta forma, utilizando a breve analogia, o jovem artista marcial pretendia convencer Joss de que este era seu ideal. Este era o objetivo que tinha decidido para sua vida: buscar e integrar o exército revolucionário.
========


QUOTE
Legenda:
- Diálogos falados por Askins.
"Pensamentos pessoais (em primeira pessoa) de Askins"


QUOTE
Vantagens e Peculiaridades

✦ PECULIARIDADES:
* Sincronismo Natural
*Aceleração
*Esquiva Sobrenatural
✦ APRIMORAMENTOS:
*Força Bruta
* Investigador
* Lábia
* Le Parkour
* Linguagem Corporal - Combate

Spoiler
@Kcyan
Perdão a inusual demora. Tive complicações no final de semana. E até atrasei alguns dos MEUS narrados, hehe. Hoje consegui parar pra postar pra todos eles e AGORA to conseguindo parar pra postar pra mim.


QUOTE
Nota Histórica
Explicando um pouco mais a metáfora usada: sei que a Grécia Antiga não faz parte do universo de One Piece, mas tirei inspiração de um antigo mito grego (que é o que explica as duas constelações citadas). Nele, é dito que a deusa da caça Ártemis, se apaixona por um mortal, o grande caçador Órion. Ambos tinham uma boa relação, com ele livrando os bosques sagrados da Deusa de ataques de fera. Porém, ela possuía um voto de castidade eterno. Enciumado, e com medo de que irmã pudesse quebrar o voto, o deus Apolo envia a terra um enorme escorpião dotado de poderoso veneno para matar Órion. Ambos tem uma batalha épica e o herói acaba morrendo por conta do veneno de seu oponente, mas apenas depois de derrotá-lo. Em sua memória, Ártemis jogou estrelas ao céu para retratar sua imagem eternamente perseguindo o inimigo traiçoeiro enviado por seu irmão: o escorpião. Achei que fechava bem com a ideia que tenho pro meu personagem e tal. Então foi uma "dupla analogia", por mais que esta não faça parte do enredo oficial do mundo de One Piece. Enfim, desculpe a nerdice, me empolguei.
mp
^
Kcyan
 Posted: Jul 26 2017, 10:14 PM
citar


Kcyan




146 posts

Ficha

Kcyan is Offline

Narrador




Narração

Ambos homens pareciam ser instruídos naquela arte. Era, por questões sociais, uma habilidade nobre, tão prezada nas cortes. Um homem que não soubesse medir suas palavras, encaixá-las com perfeição bem onde deveriam estar, não estava apto para jogar aquele jogo de alegorias e abstrações. Ainda que fosse reprovada por muitos, por seu caratér prolixo e desgastante, havia certa beleza naquilo.

À medida que Askins falava, o seu companheiro assentia com a cabeça, como se entendesse o que ele dizia. Dava até uma breve olhada para o céu, mantendo o olhar, como se pudesse ver algo que os outros não viam, mas que estava ali. Ao menos, sabia que estava ali. As respostas pareciam agradar James, fazendo seus cantos dos lábios se curvarem ligeiramente — Seria o escorpião, que foi lhe dado um ferrão letal, sem que seu desejo fosse consultado, o mal e traiçoeiro, quando segue a própria natureza? Ou seria o caçador, que por escolha fez uma arma que não lhe é inerente, traindo o seu natural, tão mais letal que o ferrão do escorpião? - perguntava, em um tom que mostrava que também buscava as suas respostas.

Aquela indagação deu inicio a mais um tárcito silêncio. Se aquele homem fazia parte dos revolucionários, seria uma grande oportunidade, imperdível para Askins. Todavia, ele podia ver em seu semblante que algo havia-o dominado por alguns segundos, como se duvidasse de algo que estava dentro de si, uma expressão de angústia, que ansiava por uma resposta.

Pois bem, irei apresentá-lo a algumas pessoas interessantes - a expressão de outrora se esvaia, dando lugar a um novo jubilo — Creio que se sentirá bem, alguém útil, além de apenas uma estrela, sem importância no céu - botava as mãos no bolso, fazendo um gesto com a cabeça para Askins entrar na próxima rua, que estava do seu lado.

Lá pra metade da rua, podia ver uma construção idílica, pacata e tradicional. Era um dojo, um dos muitos que havia naquela ilha. Um bom esconderijo, podia-se pensar. Afinal, haviam dois bons lugares para esconder-se algo: no canto mais óbvio, e no canto mais comum; estes, geralmente, eram os últimos lugare a receberem atenção da minúncias — Chegamos, vamos treinar um pouco, creio que o mestre demorará um pouco - abria a porta, que já dava de cara com os enormes katames habituais.

Spoiler
@Askins Viajando nas drogas uahiahaiha
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (2) 1 2 
responder
novo tópico
fazer enquete