versão 8.1

Pages: (3) 1 2 3  ( Go to first unread post )
responder
novo tópico
fazer enquete

 #1 - Não existe descanso para os perversos!
Tyr
 Posted: Aug 24 2017, 08:58 PM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker






Desde o acontecido Tyr tem viajado de ilha para ilha do arquipélago de Parthevia em busca de pistas. Nesse tempo viveu como podia: Serviu como garçom algumas vezes, não deu muito certo. Trabalhou como segurança, mas não durou muito, seus "hábitos não eram compatíveis" com a classe alta. Esses trabalhos na verdade serviam mais para juntar informações do que qualquer outra coisa, afinal, sempre que sentia fome poderia pescar alguma coisa e assar numa fogueira qualquer na praia. Sou objetivo agora era incomodar o responsável pela morte do seu pai. Depois de ler o diário deixado para trás, aquela frase tinha de ser ouvida por aquele rei!

" Não existe descanso para os perversos. " - Sua mente viajou numa foto do jeito grudada na parede do bar que estava prestes a entrar. - Hmph! Você vai ter seu tempo, você vai ver. - Virou o rosto e desprezou a foto como se fosse uma pessoa real e entrou naquele bar.

" Se aqueles caras estiverem certos...eles disseram que ele vinha aqui uma vez por mês. Hoje é o dia! " Tyr estava na ilha capital, mas até mesmo ela tinha seus becos e lugares escondidos. Agora, estava num desses lugares mal encarados. Todo esse tempo que deixou sua casa esteve procurando por um homem! O homem que só estava nas bocas dos boatos, mas era o homem que certamente poderia ajudá-lo em sua missão. Se ele não quisesse...bem, Tyr não tinha pensado nisso ainda.

Abriu a porta do bar e olhou logo a sua volta! Sua expressão não escondia que estava procurando por alguém, era bem nítido! Seus olhos viajavam pelo lugar junto com sua cabeça.

" OZWEN! ONDE VOCÊ ESTÁ?! "


QUOTE (OFF)
Olá GM! Obrigado por pegar minha aventura!
- Então, o Tyr quer muito fazer o rei pagar, mas sei que as chances disso (principalmente para um lvl 1 HAHA) são bem inexistentes, mas eu queria pelo menos que ele tivesse uma experiência legal nessa primeira aventura! Quem sabe quando o Tyr estiver mais forte ele possa voltar com um nome e causar? Bem, é isso aí!
- Eu estou em dúvida por enquanto se quero seguir a carreira de agente ou de caçador! De qualquer modo, queria seguir um caminho solitário por hora pra ver o que vai ser! Qual sua opinião sobre esses dois grupos? xD
- Estou sempre a disposição!
mp
^
Vinus
 Posted: Aug 25 2017, 02:14 AM
citar


Vinus




300 posts

Ficha

Vinus is Offline

Estagiário




Movido por uma vontade inexplicável de levar aquelas palavras aos ouvidos reais, Tyr vivia sua vida um dia de cada vez, sempre dando passos pequenos e certeiros na direção do que ele acreditava ser o caminho certo. Um trabalho aqui, outro ali, sempre de ouvido alerta. Um boato em um beco, outro em um restaurante. Um trecho de uma conversa entre guardas. Um bilhete interceptado entre dois burgueses. Tudo isso trouxe o jovem a este bar, neste dia, procurando por um nome recorrente: OZWEN!

Respirou fundo e abriu a porta. Olhou ao redor e gritou com todo o ar do pulmão e toda a determinação de seu coração. Ouviu um longo e sonoro eco.

OZWEN! OZWEN! OZWEN! OZWEN! OZWEN!


Uma ventania balançou seus cabelos e uma bola de poeira saltitou a sua frente, a lá velho oeste. Isso mesmo, o bar estava completamente vazio! Não havia uma mesa, uma cadeira sequer. Não havia bebida e nem bêbados.

Só havia uma pessoa, melhor dizendo. Uma pessoa e um som. O som da tristeza e da melancolia. Do desespero. Era um choro. Quem chorava de forma descontrolada era uma moça de cabelos escuros com a cara enterrada no balcão.

QUOTE (OFF)
Yoh! Por nada cara! Espero que possamos nos divertir juntos. Achei seu personagem e sua história bastante interessantes. Já vi que vou gostar de narrar pra você.

Apesar de já ter jogado como Agente do Governo, eu acho que pro teu char o Caçador de Recompensa combina mais. Ele é autônomo e tem liberdade pra fazer o que quiser, inclusive chutar a bunda do Rei um dia. Já os Agentes, apesar de mais independentes, ainda são subordinados ao Governo Mundial. Eles poderiam, por exemplo, mandar o Tyr proteger o Rei. É o que eu acho, já que você perguntou.

Esse é um post extra de início de aventura. Não conta como o post de sexta, então a noite deve ter outro se você postar.

Há braços


@Tyr

--------------------
user posted image
mp
^
Tyr
 Posted: Aug 25 2017, 11:44 AM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker






Não conteve a ansiedade e gritou o nome do indivíduo, sem muito sucesso. Na verdade o grito teve sucesso, o que resultado que esperava nem tanto. Talvez, só talvez as expectativas de Tyr estavam alta demais. " ARGH! Eu podia jurar que ele estaria sentado numa cadeira grande com uma armadura foda e uns dois ou três lacaios em volta dele. " Só um pouquinho alta.

A decepção logo tomou seu rosto e um suspiro bem longo se seguia. " Talvez surrar um bêbado pela informação não tenha sido uma boa idéia... " Estava prestes a deixar o lugar. Tinha até virado de costas já cabisbaixo, quando seus ouvidos captaram um som! Virou o rosto institivamente! A esperança tinha resurgido no seu coração. - Ah, é só uma moça chorando. - Só que dessa vez não ficou no seu pensamento. Tyr também notou que falou isso em voz alta e logo cobriu a boca com os olhos arregalados. Acabou por desprezar o sofrimento da moça sem querer! - E-e-erm...moça, tá tudo bem? - Uma gota de suor descia pela sua testa e um sorriso amarelo e envergonhado estava no seu rosto.

@Vinus

QUOTE (OFF)
Show! Tava pensando em dar nome pro meu tridente, o que acha de widfara? ( ͡° ͜ʖ ͡°)
mp
^
Vinus
 Posted: Aug 25 2017, 06:16 PM
citar


Vinus




300 posts

Ficha

Vinus is Offline

Estagiário




A moça encarou o jovem recém chegado que a pouco desprezara seu sentimento. Sem graça ele indagou se estava tudo bem, meio que por obrigação. Se ele realmente se importava, não havia passado essa sensação. Qualquer pessoa sensata podia perceber isso, e possivelmente daria uma resposta genérica qualquer do tipo "Sim, não se preocupe" e assim liberando aquele desconhecido para seguir com sua vida. Mas parece que não estamos falando de alguém comum.

_EU PAREÇO BEM PRA VOCÊ?_Gritou ela, repentinamente! O eco chegou a ferir os ouvidos de Tyr, e se ele fosse fraco de espírito talvez sentisse sua espinha até tremer um pouco. _Você tá de sacanagem comigo muleque!?_Saltou por cima do balcão em um movimento tão rápido que Tyr nem teve como reagir. Quando assustou, ela já tinha atravessado o salão inteiro e estava com o nariz quase encostado no do garoto! A moça era baixinha, de forma que tinha que olhar pra cima e também na ponta dos pés. Puxou a gola de Tyr com força. _OLHA BEM PRA MINHA CARA! OLHA BEM! ESSA É A CARA DE UMA PESSOA FELIZ? HEIN!?_ Agora o puro ódio estava estampado em seu rosto! Sobrancelhas abaixadas, dentes semicerrados. Só as lágrimas que insistiam em jorrar rosto abaixo davam um pouco de suavidade aquela expressão, mas não era muita.

Agora era uma situação delicada. Como Tyr reagiria? Bom, ele não teve muito tempo pra pensar, pois aquela fúria avassaladora cessou. A mulher soltou sua gola, fechou e trancou a porta do bar. _Me desculpe, eu estou muito nervosa._Disse ela em um tom mais baixo, quase inaudível. _Me chamo Natalie, e você não precisa ter medo de mim. Dizem que sou delicada igual coice de mula, mas você acaba tendo de ficar assim quando tem um bar em um local como esse._ Falou se dirigindo ao balcão. Lá chegando, abriu uma garrafa de rum e pegou dois copos. _Você bebe, moleque? Ou será que a sua mãe não deixa?

QUOTE (OFF)
Widfara é um nome sensacional, mas infelizmente já tem dono. Crie seu próprio nome.


@Tyr

This post has been edited by Vinus: Aug 25 2017, 06:17 PM
mp
^
Tyr
 Posted: Aug 25 2017, 10:21 PM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker




[Fundo Musical]

Por aquela reação Tyr realmente não esperava! Os gritos, toda aquela velocidade, sem falar na atitude! Não teve tempo nenhum para processar o que estava acontecendo! De modo que tudo que foi capaz de demonstrar foi surpresa. Seus olhos se arregalaram e o rapaz não teve reação imediata nem para o puxão na sua gola! Permaneceu olhando para aquilo até que ela o largou e só aí sua mente voltou a trabalhar.

Fechou os olhos, pois já estavam resecando depois de tanto tempo sem piscar, e balançou a cabeça pros lados para retornar ao normal. Abriu os olhos novamente com o dedo indicador para reclamar, mas a menina já não estava mais na sua frente!

- MAS QUE PORRA?! - Contrapondo a voz baixa dela, Tyr demonstrava sua insatisfação com mais um grito e os braços aberto em tom de questionamento. - M-MAS O QUE?! EU-! O QUE TÁ-...ARGH! VOCÊ É MALUCA?! - Agora as mãos já coçavam a cabeça freneticamente! Não conseguia sequer formar uma única frase! Sua mente tinha dado tela azul, perda total! Não sabia se deveria pedir desculpa, perguntar sobre quem estava procurando ou brigar com aquela mulher.

- GAH! Eu não vim aqui pra beber! - Resolveu ignorar tudo. Depois de balançar a cabeça mais um menos pra ver se as coisas voltavam para o lugar repetia a que veio. - Você sabe quem é Ozwen?! Sabe se ele vem aqui alguma parte do dia?! Eu preciso falar com ele!

@Vinus

This post has been edited by Tyr: Aug 25 2017, 10:25 PM
mp
^
Vinus
 Posted: Aug 28 2017, 11:02 PM
citar


Vinus




300 posts

Ficha

Vinus is Offline

Estagiário




_Sobra mais pra mim._ Disse a moça, enchendo seu copo e tomando tudo de uma golada só! Enquanto terminava de enxugar suas lágrimas a garota ouviu o questionamento do jovem Tyr e se virou pra ele, encarando-o com um pequeno sorriso no rosto. _ Esse é um nome perigoso de pronunciar moleque. O rei poderia mandar te prender só por estar procurando por alguém assim. Tsc... aquele maldito monarca de merda._ Cuspiu no chão.

_Você parece ser um jovem idiota, do tipo que vai seguir em frente com essa loucura. Então eu devia ser uma pessoa responsável e te mandar ir embora ou simplesmente dizer que não faço ideia de quem é esse homem._ Natalie fez uma pequena pausa para beber um pouco mais de rum. _ Mas eu não sou uma boa mentirosa e também não dou a mínima pra que tipo de desgraça pode acontecer com você. Então que se dane!_ Ela suspirou meio tristonha. _ Ele vinha aqui sim, uma vez por mês, sempre na primeira noite da lua cheia. Mas parece que essa informação chegou aos ouvidos reais, e há três meses tentaram captura-lo com uma emboscada. Alguns soldados idiotas se passaram por clientes e ficaram aqui a noite toda. Ainda bem que o Ozwen não apareceu. Eu tenho uma irmãzinha pequena e tive medo que ela se machucasse no caso de uma luta. De qualquer forma, ele não vem mais aqui desde então. E nem vai vir, porque hoje é um dos últimos dias de vida desse bar. Devo fechar em três ou quatro dias, quando o coletor de impostos vier. Mas eu já vou estar bem longe quando esse desgraçado chegar._ Ao dizer isso a moça tomou um grande gole de rum direto da garrafa, como quem quer afogar suas frustrações no álcool, a velha solução de todos os problemas do mundo. _ Eu não sei porque, mas desde que descobriram que o Ozwen vinha aqui os impostos cobrados do meu bar triplicaram. Isso é coisa daquele rei de bosta, com toda certeza. A questão garoto é que eu não tenho mais dinheiro pra manter essa espelunca aberta, e ainda tem a minha irmãzinha..._ Ao mencionar a irmã o rosto da jovem Natalie foi tomado por uma profunda tristeza. Algumas lágrimas até voltaram a descer pelo seu rosto, mas foram logo enxugadas. Ela pulou do balcão e foi em direção à porta. _ Mas você não veio aqui pra ouvir os problemas de uma desconhecida, não é mesmo moleque? Eu não sei onde o Ozwen está agora, então é melhor você sair e procurar informações em outro lugar._ Disse ela enquanto destrancava a porta e a abria.

_Ora vejam só, nem precisei bater na porta! Parece que aquela pequena jovenzinha mal educada está adquirindo modos, afinal de contas. KYAKYAKYAKYAKYA!!! _ Quem falava e gargalhava era um homem alto e gordo que agora adentrava o recinto. Enquanto sua sombra era projetada para dentro do bar a medida que entrava, Natalie esboçava o mais profundo terror em seu rosto. Dava passos inseguros para trás enquanto seu corpo tremia. _ Está na hora de pagar seus impostos Natalie. Se não tiver dinheiro, bem, digamos apenas que os soldados reais vão adorar a sua companhia. KYAKYAKYAKYAKYAKYA!!!

Spoiler
Cobrador de Impostos do Rei Davash
user posted image


This post has been edited by Vinus: Aug 28 2017, 11:04 PM
mp
^
Tyr
 Posted: Aug 29 2017, 12:06 AM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker




- Hmph! - Cruzou os braços e resmungou frente a primeira notação da moça. Era um jeito educado de dizer que aquilo não era da conta dela, afinal, depois do primeiro fora Tyr preferiu não falar nada dessa vez. Apenas franzia as sobrancelhas e deixava aquela passar. Permaneceu em silêncio e ouviu o relato da mulher. Ao que parece aquele ponto de encontro já era.

- Mas que merda! Demorei tanto pra conseguir algo concreto! - Não escondeu a frustração, chegou até a bater o pé com força no chão. Deixaria o lugar após agradecer, mas a história da mulher não podia deixar de ser ouvida. " Cobradores de impostos... " Era por causa deles que estava em sua atual busca. Claro, era a mando do rei que eles trabalhavam, mas Tyr sabia que os infelizes faziam questão de aumentar a cobrança ainda mais! Afinal, eles tinham de tirar a parte deles também.

Tyr agora já segurava seu tridente e o apertava com força! Todo lugar que ia buscar informações tinha uma história horrível sobre como os altos impostos ferravam com tudo e todos. Prisões para os que não podiam pagar! Mortes sem sentido! Tudo de todo tipo! O pior era que grande parte da população sentia medo e se submetia ao domínio do rei. Que escolha tinham? Não eram todos que estavam como Tyr: Sem família, sem casa, sem lugar para morrer, sem lugar para voltar. Poucos podiam arriscar tudo que tinham.

Enquanto a moça caminhava para a porta, bateu a ponta sem lâmina do seu tridente no chão com força! No seu rosto estava a expressão de alguém que entendia o que a mulher estava passando! Entendia e sentia raiva! Sua mão apertou tanto o cabo de seu tridente que era questionável se ele partiria a arma ali! - Não existe descanso para os perversos, moça. Esse rei vai pagar, nem que eu tenho que voltar do mar dos mortos pra assombrar a família dele. - Acabaria por aí, mas algo ainda mais inesperado aconteceu.

[Trilha sonora]

Com aquelas roupas coloridas e jeito pomposo, aquele homem sequer precisava dizer a que veio. Tyr sabia disso. A mulher sabia disso. A cena foi como em câmera lenta! Tudo perdia sua cor e seu som, apenas aquela homem permanecia colorido e pomposo do jeito que era, mas algo acontecia. - Você estava certa por eu ser idiota, moça. - Era tudo que ele dizia quando abaixou a cabeça para esconder a lágrima de raiva que caía de um dos seus olhos! Perdeu o controle do seu corpo. Seus pés quase que afundaram no chão com tamanho impulso que tentou tomar naquele momento! Quando a mulher deu seu segundo passo de hesitação para trás, era possível ouvir os passos de Tyr: Um, dois, três passos de loucura desenfreada para frente!

- RRRRRRROOOOOAAAAAAAARRRRRRR!!!!! -

Um grito de pura raiva! O golpe secreto dos brigões! O quase-infalível golpe com uma perna esticada mirando o peito do gordão! A famigerada voadora! Tyr colocava simplesmente toda sua raiva, força e vontade naquele golpe! O que seria depois?! Sabe lá! Quem sabe isso não chamaria atenção de Ozwen!? Acontece que ele simplesmente não conseguiu se segurar. Aquele cobrador de impostos tinha mesmo de entrar naquele lugar justo naquela hora?!

@Vinus
mp
^
Vinus
 Posted: Sep 2 2017, 05:22 PM
citar


Vinus




300 posts

Ficha

Vinus is Offline

Estagiário




Um ataque frontal direto! Essa foi a escolha do jovem Tyr. Impulsiva sim, talvez, mas estamos falando de um garoto de apenas dezessete anos que se deixou levar pela emoção do momento. Com a fúria por todas as injustiças reais que presenciara até ali acumuladas dentro de seu ser, Tyr partiu com um grito enfurecido para descarrega-la naquele representante da monarquia. O cobrador de impostos nem teve tempo de reagir, visto que gargalhava histericamente sentindo o prazer sádico que só os perversos conhecem. _Mas o que..._ Foi tudo o que teve tempo de dizer. Uma voadora bem no meio do peito largo daquele homem! Sua expressão de dor e surpresa era um interessante contraste com a expressão determinada de Tyr. Se fosse um sujeito comum teria voado porta afora, mas esse sujeito era gordo e grande demais para isso. Deu um, dois, três passos desajeitados para trás tentando recuperar o equilíbrio. Não conseguiu. Se enrolou em seus próprios calcanhares e caiu rolando como uma bola humana! A rua do bar era um morro estreito e acentuado, de modo que o homem obeso não parou de rolar até chegar ao seu fim, que não estava muito distante dali. O problema é que no fim do morro havia um estábulo, e bem na frente dele estava um velhinho formando uma pilha de esterco de cavalo com uma pá. Ao ver aquela bola humana chegando à toda velocidade, só teve tempo de largar a pá e correr.

SPLOOOOOOSH!


Foi a maior explosão de fezes equinas que você respeita. Como estava tudo fresco serviu para amortecer o impacto da chegada do gordão, mas isso também colaborou para que estilhaços de cocô fossem lançados para todos os lados! As pessoas se protegeram como puderam, mas as paredes das casas não tiveram tanta sorte. Depois de alguns segundos processando a informação todos os presentes começaram a entender o que tinha acontecido. Pouco a pouco foram surgindo murmurinhos, falando que um cobrador de impostos do rei tinha sido atacado. Outros iam mais longe e diziam que ele tinha sido realmente humilhado, e com isso o Rei Davash também fora, de certa forma, afetado. Algumas pessoas olhavam para aquele jovem com um tridente e não acreditavam no tamanho da besteira que ele fez, se perguntando quanto tempo ele ia sobreviver depois disso. No meio disso tudo, o cobrador de impostos, coberto de esterco da cabeça aos pés, começava a recobrar a consciência. Foi então que as pessoas se esqueceram da ameaça real e se atentaram para o quão cômica aquela cena era. Não teve jeito. Começou uma histórica gargalhada coletiva!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!


Com a expressão da mais genuína fúria estampada em seu rosto, o cobrador de impostos puxou todo o ar que conseguiu para dentro de seus enormes pulmões e então esbravejou em fúria. _PEGUEM ESSE MOLEQUE DESGRAÇADO! EU QUERO A CABEÇA DELE NA MINHA MESA DE JANTAR ESTA NOITE, SE NÃO A CABEÇA DE VOCÊS É QUE SERÁ SERVIDA! _ Só agora os dois soldados do Rei que vieram com o cobrador mostravam algum tipo de reação. Até aquele momento eles haviam ficado na porta do bar, tão incrédulos com a situação que se desenvolvia na frente de seus olhos que não souberam como reagir. _O QUE ESTÃO ESPERANDO SOLDADOS DE MERDA!? AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!_ E ele continuava seu ataque nervoso. Meio desajeitados, os dois homens se colocavam na porta do bar em posição de batalha. Ambos trajavam uma armadura média, mas um possuía uma espada curta e o outro uma besta de repetição.

_Ah, merda!_ Dizia Natalie, que fora a única que não riu pois estava preocupada demais com o desenrolar da situação. _Eu preciso buscar a minha irmãzinha. Você tem que segurar eles enquanto isso garoto, depois nós fugimos antes que outros soldados cheguem. Porque eles vão chegar._ Disse ela olhando bem nos olhos de Tyr, e então correndo para dentro do lugar. _E obrigada moleque! Só não morra agora._ Gritou enquanto já subia as escadas para o segundo andar. E morrer era bem possível naquela situação, afinal eram dois contra um. O primeiro ataque veio da besta de repetição, uma flecha pequena e rápida! O outro soldado veio correndo para desferir um corte diagonal.

This post has been edited by Vinus: Sep 2 2017, 05:31 PM
mp
^
Tyr
 Posted: Sep 2 2017, 09:49 PM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker




Se foi uma ação estúpida? Sim. Se Tyr sabia que estava com problemas? Com certeza. Se ele ligava pra isso? Nem um pouco! Seu pé afundou na gordura do homem e até essa sensação estranha de golpear uma estranha gelatina de banha o deixou com raiva. Depois que aterrissou para e checou que o resultado que queria não tinha funcionado (Isolar aquela bola de banha para Laftel), já fachava o punho para continuar sua seção de ódio, mas o homem tropeçou e teve um destino adequado.

As risadas não tiraram a expressão de rebelde sem causa (ou com causa neste caso!) do rosto de Tyr! Ele encarou o homem e bufou como um touro! Não tinha falado nada ainda, mas seus olhos diziam que ele estava pouco se ferrando para a situação do gordo na bosta! Na verdade, era como se estivesse esperando ele levantar para chutar ele lá denovo! Porém, ele obviamente não ficaria calado. Estava plenamente ciente da besteira que havia feito! Tinha de arrumar um meio de sair dali, mas agora que a merda já estava feita, teria de deixar uma mensagem! Era perfeito! Toda aquela parte da cidade estava com os olhos nele. " Hmph! Você pode nunca ler meu aviso rei, mas eu sei que vai ouvir falar de mim. HOJE! " Foi o que pensou enquanto o gordo esbravejava qualquer coisa e todos os transeuntes assistiam aquela cena.

[Fundo Musical]

- MINHA CABEÇA?! VENHA VOCÊ PEGAR MINHA CABEÇA SEU GORDO DE BOSTA NA BOSTA! FICA USANDO PESSOAS INOCENTES PRA FAZER SEU TRABALHO SUJO! EU VO TE FALAR UMA COISA! - Tyr sacava seu tridente e o girava com as duas mãos algumas vezes e se colocava em posição de batalha! Então olhava para os soldados que estavam preparados para lutar! O olhar era de uma determinação única! De alguém que estava preparado para morrer pelo seu objetivo! - Eu sei que vocês também não apoiam o rei, muitos soldados morreram porque não obedeceram ordens...mas se vocês entrarem no meu caminho então vocês não estão comigo. Se não estão comigo, estão com o rei. - Novamente, agarrava no tridente com força! - NÃO EXISTE DESCANSO PARA OS PERVERSOS! EU, TYR TITANBORN VÔ COBRAR O REI POR TUDO QUE ELE FAZ NESSA ILHA! JÁ CHEGA DE SENTIR MEDO! SE VOCÊS NÃO FIZEREM NADA, NINGUÉM, NUNCA VAI FAZER! NÃO SAI DAÍ SEU GORDO DE BOSTA, EU PRETENDO TRAZER AQUELE QUE MANDOU VOCÊ AQUI PRA TE FAZER COMPANHIA!

Aquela declaração era mais do que teimosia da sua cabeça! Era mais do que vingança, não era só um despertar para a população! Era também uma mensagem para seu falecido pai de criação. Mesmo sabendo todo o temor e crimes que o nomem "Titanborn" carregava, Tyr resolveu usá-lo. Tinha decidido aquilo naquele momento. Faria isso, libertaria a ilha e redimiria todos os crimes de seu falecido pai e faria o rei ser humilhado!

Depois disso tudo, Tyr fortalecia sua base onde estava. Sequer retornava o olhar para a mulher, não parou de encarar os soldados! - Não pretendo morrer aqui. - Então girava seu tridente mais algumas vezes e cortava o ar na última "girada". - VENHAM! - Bradava chamando os malditos cães do rei! Tyr pretendia redireciador um eventual ataque de espada com o maior alcance de seu tridente! Usando o cabo ou até mesmo a lâmina para amenizar um ataque! No caso de um ataque a distância, tentaria girar sua arma de modo que fosse capaz de interceptar a flecha antes que o atingisse, em último caso tentaria mover sua posição (apenas se sentisse que fosse um ataque fatal)! Estava tentando provar um ponto, não era uma flecha que o faria cair!
QUOTE (OFF)
ROOOOOOOOOOOOOOOOOOOAAAAAAAAAARRRRRRRRRR
EXPLOSÃO DE INSPIRAÇÃO A AVENTURA NEM COMEÇOU E EU JÁ TO ACHANDO FODA BAGARAI. SE O TYR MORRER EU CRIO OUTRO PERSONAGEM QUE VIU ISSO AI ACONTECENDO E VAI LEVAR A VONTADE ELE.


@Vinus
mp
^
Vinus
 Posted: Sep 4 2017, 11:20 AM
citar


Vinus




300 posts

Ficha

Vinus is Offline

Estagiário




Um discurso inflamado de rebeldia e determinação! Enquanto os soldados ainda pensavam em como reagir aquela situação tão incomum, confusos que só eles, Tyr chamava para si a responsabilidade por tais atos de insubordinação. Não satisfeito, ele ia ainda mais longe e ameaçava o PRÓPRIO REI! Só isso já era motivo o bastante para que o garoto fosse trancafiado na cela mais escura e profunda do reino para o resto da vida. Mas ele tinha que mencionar aquele sobrenome. Titanborn, o legado maldito. Intimidados pelo discurso determinado de Tyr os dois soldados agora não escondiam sua hesitação. Era impossível, afinal não fazia muito tempo que aquele homem havia exterminado nada mais nada menos que cinquenta de seus colegas soldados. Com certeza ainda era um sobrenome mencionado nas guarnições do castelo. Lá os oficiais de patente superior podiam controlar o murmurinho, mas a língua do povo é indomável e poderosa! Ainda corriam muitos boatos e histórias pelos bares, tavernas, ruas e praças sobre o famoso pirata de outrora que desafiou o poderio militar do Rei Davash e matou muitos de seus homens. Byorn Titanborn era seu nome, e daquele dia em diante ele seria lembrado como um homem que se levantou contra as injustiças daquele reinado e deu sua vida para inflamar mais ainda a revolta. Talvez não fosse sua intenção, mas foi o efeito causado. O rei tentava controlar boatos sobre possíveis revoltas, mesmo com os grupos da rebelião ativos. Mas agora a rebelião estava na boca do povo novamente, com um fôlego imenso, e isso ameaçava a monarquia. E agora Tyr assumia para todas aquelas pessoas que era ligado a Byorn. Pior, que era filho dele! Era como se o garoto fosse até a chama que representa os boatos sobre a revolta e soprasse com todo o ar de seus pulmões, alimentando-a com oxigênio e fazendo-a crescer ainda mais. Ele podia não saber nesse momento, mas esta também era uma forma eficaz de atingir o Rei.

A repercussão daquela declaração foi imediata! Algumas pessoas tinham medo, outras estavam empolgadas e umas poucas até torciam para Tyr. Havia aqueles interessados em ver o que o filho do grande Bryon poderia fazer, que comcerteza se decepcionariam caso ele morresse ali. Também haviam os defensores da monarquia, conservadores que acusavam o garoto de ser filho de um pirata sanguinário e assassino, classificando-o como uma ameaça que devia ser neutralizada. De qualquer forma, Tyr assumia naquele momento o lugar de seu pai Bryon na boca do povo daquele reino! Uma posição interessante, que implica em diversas consequências que serão conhecidas em breve.

Porém a hierarquia militar é severa, e mesmo hesitantes os soldados tinham ordens a obedecer. A flecha daquela besta era pequena e rápida demais para Tyr atingi-la apenas girando seu grande e pesado tridente, de forma que ela passou pela defesa e cravou-se na carne de seu ombro esquerdo! Porém o garoto estava empolgado e determinado demais para deixar aquilo o abalar, e mesmo sentindo imensa dor conseguiu facilmente ricochetear o ataque da espada curta, abrindo a guarda daquele soldado.

HP: 40/50

@Tyr

QUOTE
Post especial no horário da aula cancelada
mp
^
Tyr
 Posted: Sep 4 2017, 01:06 PM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker




Os boatos Tyr já tinha ouvido na sua busca por informações, mas mesmo com sua cabeça quente manteve-se calado. Ouviu coisas boas e ruins sobre seu pai, mas manteve a boca fechada. Aquela situação foi realmente a gota d'água! Não vivenciar o que aconteceu na sua pequena vila de pescadores novamente! Desaficou o cobrador assim como seu pai havia feito, mas aquilo provavelmente não tinha sido uma boa idéia, afinal, Tyr não tinha a experiência e força que seu pai tinha. Pelo menos não ainda.

[Fundo Musical]

- ARRGGHHH! - A flechada no ombro arrancou um grito bem forte do garoto! Seus dentes se encontraram a não pôde conter a expressão de dor, mas aguentaria! Bufando novamente como um touro, decidiu não demonstrar fraqueza, mesmo que perdesse o braço atingido! Ou seria isso sua teimosia inerente? Sabe lá! Acontece que teimosia ou não, tinha de ao menos mostrar que não era mais um maluco gritando que ia fazer o rei pagar! - TCH! OS QUE MATARAM MEU PAI ERAM MAIS FORTES! - Não havia dito ainda, mesmo que fosse óbvio, mas para os que ainda tinham dúvida, Tyr eram mesmo o filho de Byorn!

Um golpe para cima do seu tridente recidecionava o ataque! A guarda estava aberta! " Droga! Aquele cara com o estilingue estranho vai dar problemas! " Sim, ele tinha esquecido (ou não sabia mesmo) o nome da arma que tinha acabado de o atingir. Isso não importava! Colocaria o plano de batalha em prática! Plano que no fundo não era muito diferente do que Tyr sabia fazer, não era muito diferente do que seu pai sabia fazer numa batalha: Continuar andando em frente! Pressionar, pressionar! Com um giro rápido de seu tridente para um ajuste de posição dos seus dentes e usando a base forte que havia se preocupado em fazer durante sua fase de defesa, Tyr pretendia avançar mirando o ombro que não estava ferido no peito do inimigo! Porém, antes que estivesse perto o bastante para que o empurrão efetivamente acontecesse, usaria seu tridente de modo que os dentes da armas ficassem dos dois lados da lâmina de seu inimigo! Sua idéia era que funcionasse como um jitte! No impulso que tomaria para avançar, seguraria o tridente com as duas mãos para tentar "capturar" a arma do inimigo e caso conseguisse, giraria levemente o corpo adiantando o ombro não atingido ao mesmo tempo que jogava o tridente com a arma presa do inimigo para o lado (Claro, a intenção era desarmar o inimigo, continuaria a segurar o tridente)! Tudo isso, usando o corpo deste soldado como escudo para avançar até o próximo!

Spoiler
mp
^
Vinus
 Posted: Sep 6 2017, 10:16 PM
citar


Vinus




300 posts

Ficha

Vinus is Offline

Estagiário




A batalha prosseguia feroz! O povo vibrava com cada movimento, cada um torcendo para seu favorito. Afinal, se as pessoas não gostassem de ver outras se degladiando Roma não tinha construído o maldito Coliseu.

Enquanto a batalha acontecia o cobrador de impostos se erguia do meio da bosta com bastante dificuldade. Bufando de ódio ele se limpava um pouco, passava um pano branco pra tirar o exterco do rosto e então puxava um pequeno Den Den Mushi do bolso. _Aqui é cobrador de impostos da terceira região, Terish! Temos uma emergência no morro das gaivotas! Um princípio de revolta contra o grande Rei Davash! Eu fui atacado e o criminoso ainda está aqui. Todos os soldados na escuta venham imediatamente recuperar a honra de nosso império e executar o revoltoso as vistas de todos. Entenderam!? AGOOOORAAAAAA!!!_ Esbravejou. Agora os reforços estavam a caminho e não tardariam a chegar. Ficar ali era assinar uma sentença de morte para Tyr, mas a sua batalha ainda estava apenas começando.

Enquanto o gordo monarca terminava sua chamada, Natalie saia para a rua puxando sua pequena irmãzinha pelo braço. Era uma criança fofa, de maria-chiquinha nos seus cabelos escuros e uma mochilinha nas costas. Ao vê-las o cobrador berrou ao soldado da besta. _Atire nelas soldado! Mate-as agora!_ De imediato o solado atirou três pequenas flechas seguidas! Duas delas iam bem na direção da pequenina, mas Natalie entrou na linha de tiro e recebeu as flechadas evitando a morte certa de sua irmãzinha. _Neeeee-saaaaan!_ A criança gritou abraçando sua irmã caída. _Mate a outra! AGORA!_ Ordenou o gordo. O soldado hesitou um segundo, mas escolheu apontar sua besta para aquele criança indefesa.

Ao mesmo tempo a batalha seguia. Mesmo com uma flecha perfurando seu ombro esquerdo Tyr apenas ignorava a dor e partia para o ataque. Com um movimento inteligente ele desarmava o soldado que portava a espada e tentava um empurrão com o ombro bom. Ao maior estilo desenho animado, o soldado apenas se esquivou para o lado e deixou a perna, passando o famoso bandão em Tyr! O jovem foi tropicando de peito aberto na direção do soldado que portava a besta, no exato momento em que ele apontava para a criança! A pequena flecha foi disparada e tinha um destino certo, colocar um fim na vida daquela menininha, mas de uma maneira acidentalmente heroica Tyr se colocou na frente e recebeu uma flechada a curta distância, direto no meio do peito! O impacto o fez até parar em pé, e se ele não tivesse Vitalidade 8 grande resistência talvez tivesse caído no chão naquele momento. Mas seu corpo jovem e forte e também o cabo de seu tridente firmemente apoiado no chão o ajudaram a se manter de pé.



Silêncio. O único som presente era o de uma brisa rasteira que subia o morro das gaivotas. Todos estavam incrédulos. O soldado da besta chegava a dar dois passos para trás, trêmulo. Em seu rosto estava uma expressão de grande medo. Havia um jovem a sua frente com uma flechada no meio do peito, mas sua vontade era tamanha que se recusava a deixa-lo cair! Aquele soldado já ouvira relatos sobre aquilo recentemente. Sobre o demônio imbatível que se recusava a cair, não importava quantos golpes recebesse. E agora o autodeclarado filho daquele demônio estava ali, a sua frente, de pé e com uma flecha cravada no peito. Até eu ficaria assustado.

Aos poucos foram surgindo murmurinhos. "Ele salvou a menina..." "...e daí ele se jogou na frente da flecha, você viu isso?" "...agora ele vai morrer, com certeza, e por uma menina inútil. É corajoso, mas um idiota..." "...ainda está em pé! Deve ser mesmo filho daquele pirata! Dizem que ele só caiu quando cortaram sua cabeça. Ouvi isso no bar, pode confiar!"

BANG! De repente um tiro certeiro na cabeça do outro soldado, o que fora desarmado por Tyr, o fazia cair como uma jaca podre. _Morra, cão do rei._ Era Natalie, sentada no chão e empunhando uma pistola comum. A garota não estava morta afinal. Ver seu companheiro morrer foi o estopim para aquele recruta da besta. Com a mente confusa ele deixou sua besta cair e saiu correndo para uma direção qualquer, tornando-se um desertor.

O cobrador de impostos teria amaldiçoado todos os mundos ao ver aquela cena patética, mas agora ele não precisava mais do desertor. Um pequeno exército chegava na base do morro, e ele ordenava que capturassem Tyr e as duas garotas. O jovem ainda não tinha tentado dar um passo, mas se tentasse sentiria enorme dificuldade, pois até respirar lhe causava extrema dor. Natalie também não estava em uma situação muito melhor. O que eles fariam?

HP: 5/50
mp
^
Tyr
 Posted: Sep 6 2017, 11:31 PM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker




Seu sangue era bombeado mais rápido do que nunca por suas veias e artérias! A adrenalina estava a mil! No seu pensamento não passava outra coisa se não o rosto do rei rindo da morte de seu pai! Não passava em outra coisa se não em todo sofrimento causado por aquele monarca que governava apenas para si!

- NÃO! - Ver a mulher sendo atingida deu mais combústivel para Tyr avançar, mas talvez tanta raiva e ódio também tenha causado um efeito colateral e tenham afetado sua atenção durante o combate! Sequer conseguiu ser rápido para empurrar o homem, sendo vítima de um golpe tão patife quanto ele próprio. Ainda sim, aquilo não foi de todo ruim. A verdade é que se fosse rápido o suficiente teria se colocado na direção daquela flecha de qualquer maneira!

Tudo parou. Quando a flecha atingia seu peito, parecia que algo explodia dentro de seu corpo! Seus olhos se direcionavam para o local atingido ainda enquando se movimentava para trás devido a força do impacto que tinha sido a queima roupa. O sangue provavelmente chegou a respingar no seu rosto, mas ele fez o que podia para ficar de pé! Suspirou com muita dificuldade naquele momento e foi abrindo os olhos poucos. " Droga...seus covardes... " - Talvez estivesse até procurando o maldito soldado. Estava difícil demais aguentar a dor! Seus olhos já estavam sobreados como de alguém moribundo, próximo da morte! Era uma aparência simplesmente assustadora! Medo de morrer? Claro que ele tinha, a diferença era que era exatamente isso que o movia! Por mais impossível que fosse aguentar aquela dor, continuaria tentando! Continuaria tentando enquanto estivesse de pé!

[Trilha sonora]

- Eu...eu...não vo morrer aqui. - Abria a mão que segurava o tridente, deixando a arma cair no chão. O barulho metálico ressoaria no lugar como introdução ao seu discurso! Na situação não tinha condições nem recursos para pensar numa estratégia! - Se quiserem...quiserem me fazer parar de falar... - Ofegante levantava o rosto e encarava o soldado. Era a expressão determinada de um moribundo! Era claro que Tyr estava sofrendo muito com a dor e que estava prestes a morrer, mas ele continuava! - Que me cortem a língua! - Suas pernas agora começavam a tremer, era seu cérebro enviando um único comando para elas! - Se quiserem me...me fazer parar de andar... - Utilizava força de onde não tinha para tentar dá um passo na direção do soldado, mas um passo pesado! - Que me cortem as pernas! - Agora seu punho se fechava. - Se querem me fazer parar de bater... - Levantava o punho formando um soco cujo objetivo era sim atingir o rosto do soldado! - Mas vocês nunca...nunca...nunca vão roubar a minha vontade! ACHAM QUE SOU O ÚNICO?! - E provavelmente apagaria. Não sabia se seu corpo responderia a seus comandos, mas o que queria fazer era desferir um soco que enviaria aquele soldado direto para o gordo e os dois se acabariam na merda!

Spoiler


This post has been edited by Tyr: Sep 6 2017, 11:31 PM
mp
^
Vinus
 Posted: Sep 8 2017, 10:01 AM
citar


Vinus




300 posts

Ficha

Vinus is Offline

Estagiário




Tyr usava suas últimas forças para fazer um discurso impactante! Ele conseguia até dar um passo ameaçador para frente e levantar o punho fechado, e isso só contribuiu para aumentar o medo daquele soldado da besta antes que fugisse.

Agora cerca de trinta outros soldados começavam a subir o morro das gaivotas para prender Tyr e as meninas. Eles chegariam muito em breve e parecia não haver escapatória. No início da subida, porém, eles se deparavam com uma grande carroça de madeira carregada com barris que acabara de sair da "garagem" de uma das casas e começava a subir o morro também, bem vagarosamente, pois a subida era acentuada e apenas um burro à puxava. Como a rua era estreita a carroça ocupava quase tudo e não sobrava muito espaço nas laterais. _Hei, tire essa merda do nosso caminho! Tá querendo ser preso seu velho de merda!?_ Gritava o líder dos soldados. _Oh, me desculpem. Não vi que estavam ai. Mas agora eu tenho que terminar a subida não é mesmo? SHISHISHISHISHISHISHI!_ Respondia o senhor que guiava aquela carroça com um sorriso zombeteiro no rosto. _Passem por cima!_ Gritava o soldado e todos começavam a escalar aquela carroça. Com bastante dificuldade venceram esse obstáculo e se depararam com um monte de grandes caixas empilhadas e espalhadas pela rua. Eram do dono de um restaurante dali que tinha resolvido colocar seus funcionários para reorganizar o estoque naquele momento. _AAAAAAA! De onde surgiram essas merdas dessas caixas!? Derrubem tudo!_ Ordenava o soldado líder. _Hey, não estrague meus produtos seu idiota._ Protestava o dono do restaurante. _Você quer ser preso? Então cale essa merda dessa boca seu imbecil!_ Uma reposta educada por parte do soldado. Passaram as caixas e, de repente, tinha um monte de pessoas na rua! Muitas mesmo. A maioria daquelas que assistiram o desenrolar dos fatos, mas também muita gente nova. Eles estavam ali, parados e conversando. Alguns resolveram jogar dama no meia da rua. Havia também muitas crianças correndo pra lá e pra cá. Tudo isso formava um espécie de barreira humana entre os soldados e seus alvos, atrasando muito a chegada deles. Os soldados empurravam as pessoas enquanto o líder deles gritava muito nervoso, mas o que ele podia fazer? Mandar prender todo mundo? Eram mais de 100 pessoas! Literalmente o povo contra o exército. Claro, de uma maneira não explícita, afinal as pessoas só estavam no meio da rua.

Enquanto tudo isso acontecia, lá no alto do morro, Tyr começava a perder a consciência. Ele via um monte de pessoas na rua e não entendia direito o que estava acontecendo, mas sabia que nenhum soldado tinha chegado até ele ainda, surpreendentemente. E então ele caia mas sentia alguém segurar seu corpo. Tentava olhar mas só via borrões. Ele apagava.

@Tyr

QUOTE
Você pode narrar um sonho. Vai ficar apagado um bom tempo




mp
^
Tyr
 Posted: Sep 8 2017, 03:18 PM
citar


Tyr




59 posts

Ficha

Tyr is Offline

Fan-Ficker




[Trilha Sonora]

Mesmo sendo alguém que puxa mais para o lado rebelde e problemático das coisas, Tyr tinha seu carisma. Naquele momento não era forte ainda para fazer o povo confiar nele sua salvação, mas foi forte o suciente para fazer o povo confiar nele ao menos um pouco de esperança. Numa cena que certamente faria Tyr chorar de vergonha por ter sido salvo por não ter sido forte o suficiente para abater sequer dois soldados do rei! O jovem pescador não sabia, mas sua gratidão estaria para sempre com o povo de Parthevia. Pior, assim que soubesse sua vontade, seu objetivo queimaria ainda mais! Nesse momento, os verdadeiros salvadores estavam nas ruas!

- Dr-droga... - Algumas lágrimas iam caindo de seus olhos enquanto aos poucos notava que iria apagar a qualquer momento. - Eu...eu...velho... - Sentiu seu corpo ser segurado, mas antes que fechasse os olhos, teve uma visão estranha. Estava delirando? - Velho...? - Apagou.

Aquela atitude imprudente era realmente a sua cara, mas as consequências dela só veria mais tarde. Isto é, se acordasse! Tyr estava agora, nas mãos da população e de seu suposto salvador. (Se é que estava sendo salvo!) Apagado nada podia fazer, mas sua mente continuou pairando por seu passado. Afinal, a única coisa que jamais saria da sua mente era seu pai. Ainda mais num momento como aqueles.

...

Estava cuspindo água. Cuspindo e sentindo se peito ser prescionado por ninguém mais do que Byorn! O velho pirata apertava o peito de Tyr com as duas mãos e força enquanto gritava com sua voz grossa. O vinking estava bem machucado, mas não diferente estava Tyr. - VAMOS FEDELHO! NÃO MORRA PRA UMA MERDA DE COBRA DESENVOLVIDA! QUE TIPO DE SARDINHA PESCADORA É VOCÊ PRA MORRER AFOGADO!? - Byorn continuava a "massagem" mesmo quando notou que Tyr já estava acordado. - GAH! EU JÁ ESTOU AQUI SEU VELHO CEGO DE BOSTA! EU-ARGH! ASSIM FICA DIFÍCIL RESPIRAR! *COUGH* *COUGH* *COUGH* - Com um empurrão Tyr tirava as mãos do velho e se colocava sentado ainda meio zonzo.

- Se não fosse por você eu teria pego ele. - Byorn se levantava colocando os machados do chão no cinto. Os dois estavam bastante ensanguentados. - Você tem muito de aprender ainda, sardinha. Se não está pronto para apostar sua vida numa luta, nem lute. Ouvi isso de um bêbado ruivo sem braço, mas ele tinha razão. - A dupla estava no porto, então o velho pescador tratava de amarrar o barco e assim que terminasse já tratava de verificar o que a dupla havia pescado.

- HMPH! PEGADO UMA PORCARIA DE UMA SERPENTE DE UNS DEZ METROS?! MAS QUE CARAL- - Terminaria seu protesto com a boca suja, mas foi interrompido pelo pai. - Aquele era um filhote. Se você visse um rei dos mares de perto teria morrido, sardinha. BYYYYYOOOOOYNNNNORNORNORNORNORNORN! - Sim. Esta era sua risada. - TCH! Idiotisse arriscar a vida pra pegar um peixe. - Desistiu de tentar vencer a discurssão e se levantou para ajudar, mas foi surpreendido por um dos machados voando em sua direção e parando a centímetros da mão que havia usado para se apoiar. Quando olhou para frente, Byorn tinha um aspecto assustador! Uma sombra cobria seus olhos e ele parecia ter cinco, não! Dez metros de altura! - Seu patife, nunca julgue a vontade de alguém. É assim que os fracos morrem. Se você pensa assim, da próxima vez eu te deixo lá pra morrer por esses peixinhos aí, sardinha maldita. - O clima ficou tão pesado que Tyr engoliu seco e o silêncio reinou até que os dois terminassem de colocar o que restou do que havia pescado nos cestos.

- Tyr, muleque. - Antes de começarem a andar Byorn parou e chamou por Tyr. - Sua vontade conta muito mais do que sua força. Não importa o que você queira, se você tiver garra, você será respeitado por isso. Numa batalha, vence aquele que quer vencer mais. Nunca desista de viver. - Finalizaria ali, mas o climão de antes era quebrado por um tapa nas costas do garoto tão forte que ele foi arremessado na direção de um pobre coitado que parecia vir desesperado da vila - NÃO NO SEU CASO. VOCÊ É MUITO FRACO AINDA. BYOOOOOOORNORNORNORNORNORN!!

- BYORN! TYR! AINDA BEM QUE VOCÊS VOLTARAM! A marinha mandou dizer pra não pescarmos hoje porque parece que tem uma migração estranha de rei dos mares nesse região e...

- BYYYYOOOOOOOOOOOOOOOOOOORNORNORNORNORNORNORNORNORNORN!!!!!! LEVANTE-SE GAROTO, AQUELE SÓ ERA UM FILHOTE! BYOOOOORNORNORNORNORNORN!


...


Spoiler
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (3) 1 2 3 
responder
novo tópico
fazer enquete