Gray Island Bulba RPG :: Topsites Zonkos - [Zks] ::
versão do sistema: 8.1

Pages: (5) 1 2 3 ... Last » ( Go to first unread post )
responder
novo tópico
fazer enquete

 Capitulo 1 - Abraçando a Pirataria
Tanaka
 Posted: Jul 12 2017, 10:17 PM
citar


Tanaka




181 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Piratas




Abraçando a Pirataria
Margot Lafaiete

Era manhã em Logue Town, Margot acorda com batidas estranhas em seu quarto,Imaginando ser Kishimoto ela simplesmente se vira e tenta dormir novamente, mas as batidas continuam e ela se ver forçada a acordar. Abre os olhos lentamente com o sol batendo sobre seu rosto, sua visão estava meio embaçada e sua cabeça doía bastante e quando se ergue percebe que estava nua.

-Wow.-

Ela então observa que suas roupas e sua espada estavam espalhados pelo chão do seu quarto e...espere...aquele não era o quarto dela, "Onde diabos estou?" pensou Margot, o quarto era muito elegante, paredes brancas e candelabros, até o cobertor que cobria seu corpo parecia ser caro, seda pura, algo que trás a ela algumas lembranças agradáveis de sua infância, ela dava um pequeno sorriso antes de sua cabeça voltar a doer e ela lear a mão a cabeça.

-Mon dieu, dessa vez eu exagerei.-

Mas parecia que ainda não havia acabado, algo se meche debaixo do cobertor ao lado de Margot, a mesma exita em ver que surpresa estava debaixo do cobertor, aos poucos ela vai puxando o cobertor e uma mulher é revelada, ela ainda parecia dormir, provavelmente era a jovem que morava na casa, sem se lembrar de nada que aconteceu Margot se pergunta o que a levou a se deitar com uma nobre da região, a ultima coisa que se lembrava era de estar bebendo em um bar da região que entrou por pura curiosidade por conta dos gritos e da algazarra que acontecia la dentro.

Margot se veste e pega sua arma e já se preparava para deixar o quarto quando novamente ouve as batidas que a fizeram acordar, elas vinham do closet do quarto, ela desembainha sua espada e lentamente caminha em direção a porta do closet, quando olha para o chão ao lado da cama perto da mulher que ainda dormir ela vê as roupas da bela adormecida no chão e algumas armas espalhadas, agora ela se perguntava se a mulher era de mesmo uma nobre, lentamente ela ergue a mão para abrir a porta do closet e quando abre tem mais uma surpresa, um sujeito de meia idade, pequeno e meio gordo, amarrado no chão, amordaçado e olhando para Margot com certo pavor e como um soco na cara as lembranças da noite anterior começam a retornar.

-Ahhh, você é o dono da casa, e ela? Ela eu conheci no bar.-

-Estou começando a lembrar, depois que saímos do bar vimos você na rua e...fizemos promessas, você acreditou e aqui estamos, bem pelo menos agora sabe que não pode trazer qualquer pessoa para sua casa, que a proposito é muito bonita, mas a minha era maior. -

O sujeito se debatia e grunhia, pelo seu estado ela passou a noite toda ali e agora Margot se pergunta o que faria com ele, lembra imediatamente de Kishimoto e dor de cabeça que teria caso isso chegasse a ele.

-E agora? Mato você?.-

O sujeito se debatia ainda mais em total desespero.

-E Ela?- Diz olhando para a jovem que dormia.

Enquanto pensava no que fazer a garota começa a acordar.



This post has been edited by Tanaka: Jul 12 2017, 10:19 PM
mp
^
Ninja do Technobrega
 Posted: Jul 18 2017, 01:29 PM
citar


Ninja do Technobrega




45 posts

Ficha

Ninja do Technobrega is Offline

Aventureiro




???: _ ... Epa, peraí! Sem matar ninguém aqui, gracinha! HIC... Guarda o fio dessa gilete que eu te tenho uma proposta!

A voz saia de baixo da cama.
Uma silhueta que parecia uma bola de algodão começou a sair de lá. Conforme foi saindo, revelou-se que era na verdade o afro de uma senhorita de 1,30 com as feições faciais de uma ovelha... na verdade, era difícil dizer se era uma ovelha ou um DEMÔNIO, com aqueles chifres espirais e a cara de ressaca da noite anterior. Desde quando aquela criatura estava alí?! O que viu? Do que teria participado?!?! Difícil dizer, com o alcool a embaçar as memórias. Viu-se num espelho do quarto e se aproximou dele, espantada.

???: _ ... Caceta, eu tô só a capa do Sogeking, tô só o muambo, mas que desgraaaaaça... HIC... _ depois reparou melhor e viu a femme fatale com o florete pronto cogitando degolar o pescoço de alguém, e talvez fosse melhor aquela mink tomar cuidado porque corria o risco de ser o seu. Foi encostando-se com uma mão na parede para ajudar com o equilíbrio e dirigiu a palavra à moça armada. _ Perdão, senhorita... Marrgô? Meu nome é Aryanna... Aryanna D. Aries... Não queria estragar sua noite de núpcias, mas às vezes, especialmente quando eu bebo, eu acabo seguindo as pessoas para... saba-se lá o que elas vão fazer! Eu odeio, ODEIO QUANDO ISSO ACONTECE!!!! _ disse batendo a cabeça com força na parede. Cai no chão e volta a encarar Margot. _ Eu vi do que você é capaz... Em uma única noite, você conquista a moça mais bonita da taverna, rende humilhantemente um "nobre-ou-sei-lá" dela, invade a casa dele e ainda por cima ainda acorda no dia seguinte já divando desse jeito, sem nem sinal que encheu a cara ontem? Você não é pouca merda não, viu, querida.

A ovelha foi se levantando do chão e sentou-se na beira da cama. Agora começando a passar um semblante mais sóbrio.

Aryanna: _ Eu preciso de alguém como você: Uma mulher forte, decidida, diva e independente que não precisa de homem nenhum pra cuidar de você ou lhe dizer o que fazer. Hã-hã. Eu preciso... de ajuda, para resgatar uma pessoa.

This post has been edited by Ninja do Technobrega: Jul 18 2017, 03:46 PM

--------------------
mp
^
Ayane
 Posted: Jul 18 2017, 07:29 PM
citar


Ayane




90 posts

Ficha

Ayane is Offline

Aventureiro







Abraçando a Pirataria


Era de fato manhã em LT, o sol já estava a muito no céu e as cortinas deixavam passar uma luz forte, sugerindo que fosse perto do meio dia. Ali naquele clima agradável uma cena bizarra acontecia, uma mulher com as roupas amarrotadas e colocadas as pressas pressionava sua espada contra a garganta de um homem que apenas tentou se dar bem na noite passada, enquanto isso uma outra mulher puddle ovelha parecia reagir aquilo com naturalidade, provavelmente outra participante da "festinha" com o dono da casa, Aryanna falava sem parar e deixava até mesmo o homem amordaçado, perplexo.

A Cena se restaurava e Margot parecia brincar com sua vítima enquanto decidia o que fazer, mas a falatória de Aryanna com certeza chamou a atenção pois logo em seguida batidas apressadas na porta do quarto que estava fechada. Do outro lado uma voz preocupada aclamava por respostas.


- Senhor? Está tudo bem? Senhor? Responda senhor senão chamaremos os guardas, já passou do meio dia o senhor não costuma dormir tanto!

Claramente a situação não estava tão favoravél para Margot e Aryanna, o homem tinha empregados e eles provavelmente deram falta de seu mestre, restava a elas decidir como agir, o quarto contava apenas com uma porta dupla para sair além de 3 janelas, sendo uma delas no banheiro ligado ao quarto, o homem ao ouvir a voz o chamar de fora começava a tentar gritar, emitindo pequenos "HMM" "HMM"

@ OFF : Primeiro post meio curto apenas para ambientar, eu vou pedir para vocês dois colocarem o link atualizado da ficha de vocês no perfil e sempre que houverem lutas adicionem o HP/SP atual.
Lembrem-se também que não é porque é o ínicio da aventura que podem criar npcs mirabolantes ou situações significativas, eu vou deixar dessa vez porque posso aproveitar o gancho mas cuidado no futuro para não extrapolarem. Alguma crítica ou sugestão vamos nos falando ao longo da aventura ok? http://files.b1.jcink.com/html/emoticons/smile.gif Se um de vocês não postar depois do outro ter postado em até 48 horas eu vou dar seguimento.




This post has been edited by Ayane: Jul 18 2017, 07:30 PM
mpWebsite
^
Tanaka
 Posted: Jul 18 2017, 09:56 PM
citar


Tanaka




181 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Piratas




Abraçando a Pirataria
Margot Lafaiete

Lá estava Margot com sua espada erguida apontada para o pobre homem decidindo qual seria o destino do gordinho, ela olha nos olhos do sujeito e da um pequeno sorriso.

-Parece que não te....-

Então uma nova voz é ouvida no quarto, Margot olha em volta até finalmente notar que a voz vinha de debaixo da cama, ela imediatamente se vira para a cama ainda com sua espada erguida.

-???: _ ... Epa, peraí! Sem matar ninguém aqui, gracinha! HIC... Guarda o fio dessa gilete que eu te tenho uma proposta!

Margot se curva um pouco para tentar ver quem estava falando, ela não via nada a não ser uma bola de algodão branca, só quando a figura sai por completo de debaixo da cama ela percebe o que realmente era, um Mink, parecia uma ovelha.

"Dieu, eu realmente exagerei dessa vez."

-Perdão, senhorita... Marrgô? Meu nome é Aryanna... Aryanna D. Aries... Não queria estragar sua noite de núpcias, mas às vezes, especialmente quando eu bebo, eu acabo seguindo as pessoas para... saba-se lá o que elas vão fazer! Eu odeio, ODEIO QUANDO ISSO ACONTECE!!!!

Margot somente observa enquanto a Mink falava e tentava se equilibrar segurando na parede, ela ainda parecia estar sobre o efeito da bebida, ela bate a cabeça na parede e cai no chão olhando novamente para Margot.

-Eu vi do que você é capaz... Em uma única noite, você conquista a moça mais bonita da taverna, rende humilhantemente um "nobre-ou-sei-lá" dela, invade a casa dele e ainda por cima ainda acorda no dia seguinte já divando desse jeito, sem nem sinal que encheu a cara ontem? Você não é pouca merda não, viu, querida.

A Mink parecia gostar do som da própria voz, quando de frente para uma pessoa assim Margot sempre deixava seguir falando, era uma forma de conhecer melhor a pessoa que estava a sua frente, portando ela mantem o silencio mas seguia com sua espada na mão.

-Aryanna: _ Eu preciso de alguém como você: Uma mulher forte, decidida, diva e independente que não precisa de homem nenhum pra cuidar de você ou lhe dizer o que fazer. Hã-hã. Eu preciso... de ajuda, para resgatar uma pessoa.

Margot na mesma hora aponta sua espada diretamente para o rosto, foucinho, ou seja la com se chama, da Mink e com uma expressão bastante séria encarava a pequenina, ela queria testar qual seria a reação da Mink, toda aquela conversa estava muito estranha, mas havendo a possibilidade de ganhar algo com a Mink ela estava disposta a dar uma chance a ela.

-Isso parece....interessante, continu...-

A conversa é interrompida por batidas na porta, aparentemente o sujeito tinha empregados e um deles estava preocupado com o longo sono do seu mestre, Margot que havia voltado seu olhar para porta enquanto apontava sua espada para a Mink volta seu olhar para a pequenina e dessa vez com um pequeno sorriso no rosto.

-E o que ganharei com isso? Salvando essa...pessoa e como você sabe meu nome?-

Depois de ouvir a resposta de Aryanna, Margot vai até a porta e abre ela um pouco, o bastante para mostrar apenas seu rosto e começa a falar com o empregado preocupado

- Bonjour, o mestre está um pouco cansado depois da noite que teve, você entende o que quero dizer certo? Mas logo logo estaremos la embaixo para um delicioso desjejum, ele só pediu para não incomodar por mais...uma hora, ok?

Margot tenta usar sua lábia para tentar conversar o empregado(a) que tudo estava bem, da uma leve piscada para ele usando seu charme pouco antes de fechar a porta.

- Ok, vamos indo.- Diz Margot para a Mink -E você, shiiii...., não me faça voltar aqui.- Diz ela para o homem amarrado em tom ameaçador.

Ela decide sair pela janela do banheiro, provavelmente era por onde menos chamaria a atenção.



Spoiler


Lábia (1 PE): Você mente e as pessoas acreditam. Capaz de convencer os demais de que o céu é de outra cor, apenas contando uma história. Mas tome cuidado com o bom-senso, nem todas as pessoas são idiotas!
mp
^
Ninja do Technobrega
 Posted: Jul 18 2017, 10:49 PM
citar


Ninja do Technobrega




45 posts

Ficha

Ninja do Technobrega is Offline

Aventureiro




Margot permitiu que Aryanna soltasse a língua por bastante tempo. Mas parece que outras pessoas escutaram uma voz estranha vindo do quarto do chefe e estavam prontos para arrombar a porta ou chamar a Marinha!

Mas as vozes do outro lado da porta pareciam não abalar Margot nem um pouco. Ao invés de lidar com a situação imediatamente, ela preferiu dirigir a palavra a Aryanne e continuar o papo. Mas que ousada!! Tinha cada vez mais certeza que aquela era a pessoa certa para o trabalho. Margot perguntou o que tinha para ela no trabalho.

Margot: _ E o que ganharei com isso? Salvando essa...pessoa e como você sabe meu nome?-

Aryanne: _ Foi o que eu ouvi a moça da cama gritando a noite inteira. ENFIM. Meu pé de meia não está exatamente muito farto, então eu não posso pagar muito, mas... É numa fábrica de uma empresa relevante! Certeza que vai ter muito o que pilhar no caminho! Quanto mais a gente levar desses caras, melhor! Além disso... eu sou uma ótima cabelereira, se precisar de uma repaginada no look! Eu posso te dar mais detalhes depois, mas talvez fosse melhor por agora lidar com esses caras da porta e tal...

Margot foi até a porta e começou a falar com os guardas. Enquanto isso, Aryanne foi até o suposto "chefe" amarradão, arrastou-o e encostou-o sentado na parede. Depois, curvou a cabeça, colocando seu afro lanoso de lado e enfiou-o na cara do "chefe" como se fosse um travesseiro, para abafar suas tentativas de grito enquanto Margot falava com os subordinados. Enquanto esperava, enfiou a mão no bolso, tirou um batom e começou a se maquiar olhando para o espelho mesmo com a cabeça de lado. Até Margot terminar sua enganação.

Margot: _ Ok, vamos indo.

Aryanna: _ Hum, sim senhora... _ diz soltando o homem no chão e guardando a maquiagem.

Foi seguindo a mulher até a janela do banheiro. Com alguma dificuldade pra subir na janela pelos seus 1,30 metro de altura, voltou ao quarto correndo, pegou o "chefe", arrastou-o até o banheiro e usou-o de escadinha pra subir na janela e pular, sem nem saber onde ia dar.

Aryanna: _ Você tem um esconderijo ou algo assim?


This post has been edited by Ninja do Technobrega: Jul 18 2017, 10:49 PM
mp
^
Ayane
 Posted: Jul 20 2017, 04:06 AM
citar


Ayane




90 posts

Ficha

Ayane is Offline

Aventureiro







Abraçando a Pirataria


O Homem um pouco acima do peso e com uma leve falta de cabelos tentava se debater mas Aryanna habilmente o amordaçava com o proprio cabelo, enquanto isso Margot abria levemente a porta e por um instante não foi jogada para trás com a força do mordomo do outro lado que tentava empurrar, porém este ao perceber um movimento da porta se afastou, provavelmente com medo de ter irritado seu mestre. Com a fresta aberta Margot podia ver um homem magro vestido em um tuxedo bastante limpo e lustroso, ele tinha cabelos longos e amarrados em um rabo de cavalo e um bigode levemente maior que seu próprio rosto encarolado nas pontas. Ele carregava consigo um den den mushi. Ao ver Margot e ouvir suas palavras seu rosto tornou-se vermelho imediatamente.



- Ó minha senhora.. desculpe pela grosseria apenas estava preocupado com meu mestre, eu.. eu compreendo.. voltarei dentro de uma hora para acordá-lo.

A porta se fechou e o plano das duas se colocava em ação imediatamente, a janela do banheiro parecia ter no máximo uns 3 metros de altura mas a saída era estreita e de imediato não parecia que o cabelo de Aryanna passaria, mas depois de um empurrãozinho de Margot as duas passavam sem grandes problemas e agora se encontravam em um grande Jardim coberto de cerejeiras e rodeado de cerca viva onde um jardineiro parecia distraído enquanto tratava das plantas. Ao norte podiam avistar alguns prédios mais altos da cidade, indicando o caminho.


- SOCORRRO , TEM INVASORES NO JARDIM!!! SOCORRO

Um grito podia ser ouvido de cima, e as duas podiam ver que ao lado da janela do banheiro existia outra janela e lá uma mulher vestida de empregada gritava a todo pulmão, ela trazia alguns tapetes a mão e outro estava pendurado na janela, ela gritava e logo as duas garotas podiam ouvir passos se aproximando pela grama, não existia muito lugar para se esconder além das plantas ou tentar atravessar a cerca viva e tentar a sorte do outro lado. Era isso ou enfrentar o que quer que estivesse chegando.

@ OFF : Desculpem não postar mais cedo, fiquei o dia fora mas hoje vou postar novamente a tarde para compensar.


mpWebsite
^
Tanaka
 Posted: Jul 20 2017, 01:04 PM
citar


Tanaka




181 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Piratas




Abraçando a Pirataria
Margot Lafaiete

Quando Margot abre a porta quase é derrubada pelo sujeito que já parecia estar pronto para ligar para as autoridades, mas a malemolência de Margot acabou por contornar a situação e o sujeito foi embora deixando o caminho livre para as duas.

Com certa dificuldade tanto Margot quanto Aryanna conseguem passar pela estreita janela e agora estavam no jardim da mansão, o lugar era realmente belíssimo, arvores de cerejeira espalhadas e rodeado de por uma cerca viva.

-Esse cara é realmente rico, se não fosse um sujeito tão nojento me casaria com ele.-

Aryanna: _ Você tem um esconderijo ou algo assim?

-Esconderijo? Não eu moro nessa cidade com meu guardião, ou pelo menos morava, já estou cansada desse lugar, tenho que procurar novos ares.-

Nesse momento ouve-se gritos de socorro, Margot imediatamente olha para cima, para a janela de onde aviam saltado por temer que alguém entrou no quarto e encontrou o tal mestre da casa amarrado no chão, mas os gritos vinham da janela ao lado, de uma das empregadas que viu as duas la no jardim e não pensou duas vezes em chamar por ajuda.

-Ownn porque você fez isso?- Diz Margot olhando para a empregada.

Margot escuta passos se aproximando, seguranças do local ou a própria Marinha? ela da uma olhada em volta para analisar suas opões e percebe que não podia fazer muito, ela podia correr, mas não era muito do seu feitio, se esconder não era uma boa ideia então só restou enfrentar o que estar por vir antes, na verdade isso era o que ela mais queria fazer.

-Sabe lutar não sabe?- Diz Margot olhando para a Mink.

-Porque a diversão vai começar.-



Spoiler


Lábia (1 PE): Você mente e as pessoas acreditam. Capaz de convencer os demais de que o céu é de outra cor, apenas contando uma história. Mas tome cuidado com o bom-senso, nem todas as pessoas são idiotas!
mp
^
Ninja do Technobrega
 Posted: Jul 20 2017, 01:55 PM
citar


Ninja do Technobrega




45 posts

Ficha

Ninja do Technobrega is Offline

Aventureiro




Margot: _ Esse cara é realmente rico, se não fosse um sujeito tão nojento me casaria com ele.-

Aryanna: _ Nem me fale... Vou ver se guardo o endereço dele pra apresentar a umas amiga encalhada.

A fuga estava indo bem, até o grito de uma empregada denunciar as invasoras. Olhou de onde vinha e viu o rosto de uma empregada.

Mesmo com aquele jardim enorme, seria muito difícil se esconder sob o olhar de alguém em "upper ground".

o confronto parecia ser inevitável. Tinha uma opção... mas aí seria apostar com a sorte.

Margot: _Sabe lutar não sabe? Porque a diversão vai começar.

Aryanna: _ Se eu SEI lutar? Querida, eu NASCI da treta! E eu ODEIO ter que fugir de uma boa chance de enterrar os cascos na cara de alguém, mas estou tentando guardar minha fúria pras pessoas certas, e não pra uns segurança engomadinho de rico...
(OFF: Apesar de ter a personalidade briguenta, Aryanna é uma porcaria em combate, só lembrando, aheuhauehau)

Dizendo isso, a mink se aproximou da cerca viva. Tentou abrir com as mãozinhas curtas, mas não conseguia alcançar o outro lado.

Aryanna: _ Seguinte... Se a gente ficar aqui esperando, é CERTEZA que eles vão chegar aqui e a gente vai se meter numa luta desnecessária. MAS a gente pode pular por essa cerca viva e PODE SER que do outro lado a gente encontre uma saída livre, ou beco sem saída... Não sei! Mas eu tô disposta a apostar! E você?

Aguardou então resposta de Margot. Afinal, poderia pular sozinha, mas ir embora sem Margot naquele momento não seria conveniente.

This post has been edited by Ninja do Technobrega: Jul 20 2017, 01:57 PM
mp
^
Tanaka
 Posted: Jul 20 2017, 10:07 PM
citar


Tanaka




181 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Piratas




Abraçando a Pirataria
Margot Lafaiete

Margot já se preparava para a luta quando Aryanna questiona se não seria melhor deixar todo esse impeto para o resgate de sua amigo(a), mesmo ela tendo demostrando uma certa empolgação quando se trata de dar uma surra em alguém.

-Aryanna: _ Seguinte... Se a gente ficar aqui esperando, é CERTEZA que eles vão chegar aqui e a gente vai se meter numa luta desnecessária. MAS a gente pode pular por essa cerca viva e PODE SER que do outro lado a gente encontre uma saída livre, ou beco sem saída... Não sei! Mas eu tô disposta a apostar! E você?

-Ahrrr, ok, vamos indo então.- Margot aceita a proposta da Mink com bastante lamentação.

-É bom que nesse lugar tenha algo que realmente valha a pena.-

Ela então salta sobre a cerca viva e começa a correr, busca se afastar da mansão o mais rápido possível, enquanto corria da uma olhada para ver se a Mink estava lhe acompanhando, mesmo sentindo que ela sabia muito bem se virar sozinha procura não deixar a mulher ovelha para trás.





This post has been edited by Tanaka: Jul 20 2017, 10:09 PM
mp
^
Ayane
 Posted: Jul 21 2017, 10:18 AM
citar


Ayane




90 posts

Ficha

Ayane is Offline

Aventureiro







Abraçando a Pirataria


Margot foi a primeira à agir, ela não demorava a se posicionar para lutar e sentia-se até feliz com a ideia mas Aryanna tinha uma ideia diferente e com um pouco de conversa conseguia convencer a outra a segui-la. Tudo aconteceu muito rápido e em questão de segundos as duas saltavam a cerca viva sem problemas e como previsto a empregada atualizava os perseguidores de sua nova localização. Frente as duas se espalhavam diversas arvores e arbustos que criavam uma floresta muito bem simulada naquela região urbana, não havia nenhum outro obstáculo então as duas conseguiam passar pelo matagal sem grandes problemas e se encontravam agora frente a uma estrada no subúrbio da cidade, de lá podiam ver que estavam bem perto da área urbana e se esconder agora não seria um desafio se jogassem suas cartas corretamente.

- Vamos seus idiotas, elas ainda devem estar por aqui.

Uma voz vinha de trás, de onde elas haviam vindo, era uma voz poderosa e dominante e junto a ela diversos passos podiam ser ouvidos, quebrando galhos e esmagando folhas a medida que corriam, não era difícil para as duas perceberem que estavam vindo em sua direção mas ainda não haviam achado-as. A estrada na qual as duas se encontravam possuía um caminho que ia em direção ao oceano e a outra parecia levar de volta a casa, porém mais abaixo podiam observar outra estrada, esta de chão e que parecia levar ao lado oposto da ilha.


- Você e você, pela direita e vocês dois pela esquerda, se elas correrem para os Dart nem precisamos nos preocupar.

A voz falava novamente e dessa vez parecia mais perto e mais clara, estavam vindo direto para as duas mas a densa vegetação ainda escondia suas presenças.

@ Off




This post has been edited by Ayane: Jul 21 2017, 10:19 AM
mpWebsite
^
Tanaka
 Posted: Jul 21 2017, 09:11 PM
citar


Tanaka




181 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Piratas




Abraçando a Pirataria
Margot Lafaiete

Depois de saltar a cerca viva a Mink e Margot davam de cara com uma pequena floresta, ou pelo menos foi feia para simular uma, sem nada que atrapalhasse ela passa com tranquilidade e chegam até o subúrbio da cidade.

-Estamos chegando na cidade, podemos despistar esses idiotas.-

Vozes e passos eram escutadas atrás das moças, parecia que o grupo de guardas estavam no encalço delas. na estrada em que as duas estavam havia alguns caminhos para serem escolhidos pela jovem, um levava até o oceano, outro era o caminho de volta a mansão e havia um terceiro que leva ao lado oposto a ilha. Margot não tinha muito tempo para pensar, tinha que decidir rápido porque os guardas da mansão estavam se aproximando rápido.

- Você e você, pela direita e vocês dois pela esquerda, se elas correrem para os Dart nem precisamos nos preocupar.

-Parece que o único caminho que eles não nos seguir é o mais perigoso, e então? quer se arriscar ou podemos tentar voltar ao centro da cidade, sinceramente para mim tanto faz. -

Margot espera a resposta da Mink mas elas não podiam demorar para decidir, a cada segundo que passava os homens se aproximavam.

mp
^
Ninja do Technobrega
 Posted: Jul 22 2017, 03:57 PM
citar


Ninja do Technobrega




45 posts

Ficha

Ninja do Technobrega is Offline

Aventureiro




Ganharam algum tempo entrando pelo mato, mas os guardas ainda estavam vindo atrás das garotas. Pelo menos agora parecia que suas forças foram separadas.

???: _ Você e você, pela direita e vocês dois pela esquerda, se elas correrem para os Dart nem precisamos nos preocupar.

Aryanna: _ Dart? O que diabos é isso? Você tem idéia? _ cochichou para Margot sem parar o movimento.

Mas talvez naquele momento não importasse. Seria um problema para depois.

Margot: _ Parece que o único caminho que eles não nos seguir é o mais perigoso, e então? quer se arriscar ou podemos tentar voltar ao centro da cidade, sinceramente para mim tanto faz. -

Eis que Aryanna teve uma idéia. SUPÔS que Dart fosse um grupo criminoso. Digo. SOAVA como tal! E a direção de seu território acabou de ser revelada pelo guarda que as perseguia.

Aryanna: Se eles temem esses tais de Dart, talvez eles tenham interesse em práticas de invasão de propriedade privada e pilhagem como nós. Pelo menos nisso temos algo em comum, se for o caso! E com esse seu carisma todo, é capaz de arranjarmos ainda mais aliados para o meu resgate! ... Ou podemos submetê-los a nos ajudar na base da porrada mesmo! O que você acha?

Dizendo isso, foi correndo exatamente na direção que não fosse nem esquerda, nem direita... E sim a terceira opção, a que até os seguranças evitavam.

This post has been edited by Ninja do Technobrega: Jul 22 2017, 03:57 PM
mp
^
Tanaka
 Posted: Jul 23 2017, 12:33 PM
citar


Tanaka




181 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Piratas




Abraçando a Pirataria
Margot Lafaiete

Aryanna: Se eles temem esses tais de Dart, talvez eles tenham interesse em práticas de invasão de propriedade privada e pilhagem como nós. Pelo menos nisso temos algo em comum, se for o caso! E com esse seu carisma todo, é capaz de arranjarmos ainda mais aliados para o meu resgate! ... Ou podemos submetê-los a nos ajudar na base da porrada mesmo! O que você acha?

-Ou eles podem nos prender para nos entregar e cobrar uma recompensa em cima disso, ahrr..très bien, vamos então.-

A Mink então sai correndo pelo caminho dos tal Dart, Margot vai logo atrás dando uma ultima olhada para trás para checar a distancia dos homens que a perseguiam. Percorrendo pelo novo caminho ela já anda com sua mãos obre sua espada e olhando em volta com medo de ser surpreendida por alguém.

-Fique atenta, não sabemos o que ou quem está nos esperando.-

-Agora seria também um bom momento para você me contar mais detalhes sobre essa pessoa que quer tanto resgatar.-

Margot queria saber exatamente no que estava se metendo, agora que provavelmente não estavam mais sendo seguidas de perto pelos homens elas tinham tempo para conversar melhor sobre tudo, como quem foi sequestrado, porque estava havia sido sequestrado e o mais importante, por quem.

mp
^
Ayane
 Posted: Jul 24 2017, 10:27 AM
citar


Ayane




90 posts

Ficha

Ayane is Offline

Aventureiro







Abraçando a Pirataria


As meninas escolhiam o desconhecido e corriam de certa forma até despreocupadas e tentando conversar, atrás Margot podia observar que os homens alcançavam a encruzilhada e observavam rindo as duas. Em frente o caminho começava a se estreitar e logo a grama era substituída por pavimento e então se encontravam em uma área coberta de prédios e pequenas casas de tijolos em ruínas, o caminho era cheio de obstáculos que as forçavam a parar de correr devido a dificuldade de caminhar.

Passava-se alguns minutos de caminhada e nada parecia fora do normal, exceto uma casa no fim da rua que chamava a atenção por ser maior que as demais e não parecer tão destruída, na porta um homem de terno parecia guardar a entrada mas parecia estar cochilando com um chapéu cobrindo o rosto. No passo seguinte as garotas sentiram um frio percorrer suas espinhas e no tempo de piscarem os olhos o homem as encarava como se nunca estivesse dormindo, ele era pálido e sem expressão.


- Vocês duas vem caminhando da mansão e estavam fugindo dos seguranças, o que querem aqui? Mestre Dart não tem assuntos a tratar com fracotes.

O Homem estava em pé e segurava uma bengala apoiada em seu ombro e nenhuma das duas parecia ter percebido quando ele fez isso ou se já estava assim o tempo todo, ele era alto e esguio e com a outra mão tirava uma carteira de cigarros do terno e colocava um na boca, não passava uma boa impressão para as garotas.

@ Off Desculpem, eu me esqueci de avisar que fim de semana eu dificilmente posto


mpWebsite
^
Tanaka
 Posted: Jul 24 2017, 09:13 PM
citar


Tanaka




181 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Piratas




Abraçando a Pirataria
Margot Lafaiete

Margot estranha o fato dos homens nem se quer seguir as duas mesmo sabendo o caminho tomado por elas, e as risadas realmente não pareciam um bom sinal, quando percebe que não estava sendo seguida ela se tranquiliza, pelo menos por enquanto.

-Bom agora só precisamos nos preocupar com a possível ameaça a nossa frente.-

O caminho se estreitava e era cheio de obstáculos, o caminho de terra logo da lugar a uma rua pavimentada e com varias casas e prédios em ruínas, após alguns minutos de caminhada Margot podia ver uma casa bem grande ao final da rua, ela não estava tão destruída como as outras e ainda havia um guarda na porta, e aparentemente um não muito bom já que estava dormindo quando as duas se aproximam.

O sujeito que estava usando um terno e tinha um chapéu cobrindo o seu rosto não se mexia quando Margot e a Mink se aproximam, mas em apenas instante Margot sente um frio percorrer por sua espinha que a faz parar imediatamente e colocar a mão sobre seu sabre.

- Vocês duas vem caminhando da mansão e estavam fugindo dos seguranças, o que querem aqui? Mestre Dart não tem assuntos a tratar com fracotes. - O sujeito era frio e sem expressão,parecia ser bastante perigoso e Margot ficava com o pé atras com ele, sempre mantendo uma certa distancia.

- Pardonnez mon seigneur, nós só estamos fugindo desses homens parece que o mestre deles me queria como esposa como eu não queria aceitar só me restou fugir, mas fique tranquilo que já estamos de partida.- Margot mente para o sujeito e se faz de inocente, ela sorrir e tenta ser o mais carismática possível para tentar driblar a desconfiança do guarda.

-vamos embora não ha nada para nós aqui.- Diz Margot sussurrando para a Mink.

-Se puder nos apontar um caminho de volta a cidade e que seja seguro nós vamos te deixar em paz.-



This post has been edited by Tanaka: Jul 24 2017, 09:21 PM
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (5) 1 2 3 ... Last »
responder
novo tópico
fazer enquete